Resenha #521: Muse Of Nightmares - Laini Taylor (Little, Brown Books For Young Readers)

Share:
Título: Muse of Nightmares
Título Original: ---
Autor: Laini Taylor
Série: Strange the Dreamer #2
Páginas: 522
Ano: 2018
Editora: Universo dos Livros
Sinopse*: Sarai vive e respira pesadelos desde os seis anos de idade.
Ela acreditava que conhecia todo horror e estava além da surpresa.
Ela estava errada.
No seguir de uma tragédia, nem Lazlo nem Sarai são quem eram antes. Um deus, o outro fantasma, eles lutam para entender os novos limites de si mesmos, enquanto Minya, de mente escura, os mantém reféns, com a intenção de vingança contra Lamento.
Lazlo enfrenta uma escolha impensável - salvar a mulher que ama ou todos os outros? - enquanto Sarai se sente mais impotente do que nunca. Mas ela é? Às vezes, apenas a maior necessidade pode nos ensinar nossas próprias profundezas, e Sarai, a musa dos pesadelos, ainda não descobriu do que é capaz.
À medida que os humanos e os deuses se recuperam da quase queda da cidadela, um novo inimigo destrói suas frágeis esperanças, e os mistérios dos Mesarthim ressuscitam: De onde vieram os deuses e por quê? O que foi feito com milhares de crianças nascidas no berçário da cidadela? E o mais importante de tudo, quando portas esquecidas são abertas e novos mundos são revelados: os heróis sempre devem matar monstros, ou é possível salvá-los?


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou as resenhas anteriores, pode conter spoiler

Um Estranho Sonhador foi uma das minhas melhores leituras do ano passado. Mantendo o mesmo nível de aclamação, Muse of Nightmares superou todas as minhas expectativas.

Esta continuação se inicia exatamente do ponto que o livro anterior foi terminando. Também temos o adendo de duas personagens que, de início, não parecem fazer muito sentido mas que ganharão sua importância no decorrer da história.

Era uma vez um silêncio que sonhava em se tornar uma música, e então eu te encontrei, e agora tudo é música.*

Lazlo e Sarai continuam sendo aquele casal apaixonante que nos conquistou anteriormente. Depois de todo o ocorrido no livro anterior, eles não pretendem deixar nada e nem ninguém (por ninguém, leia-se Minya) ficar no caminho de sua felicidade e amor. Mas antes eles têm de proteger a cidade de Lamento da fúria de Minya.

De início, eu pensei que a Laini iria focar bastante na nova situação de Sarai, mas não foi bem assim. Claro que em vários momentos nossa Musa do Pesadelo teve sua pós-vida ameaçada, e tanto ela quanto Lazlo estão atrás de respostas, mas nem por isso deixam de aproveitar a companhia um do outro.


Enquanto Um Estranho Sonhador focou bastante no romance entre Sarai e Lazlo, Muse of Nightmares focou nas respostas para várias perguntas levantadas. Aqui ficamos sabendo mais sobre os deuses que chegaram a Lamento, a razão por trás dos sequestros das mulheres da cidade, dentre outras respostas. Tudo isso atrelado a essas duas novas personagens: as irmãs Kora e Nova.

As pessoas são nossos lugares seguros. Eu tenho uma: uma pessoa que é um lar e um mundo para mim.*

Foi ousado Laini introduzir duas personagens em um livro de conclusão de história? Sim, mas a autora tirou de letra. Somos apresentados as irmãs logo no início do livro e vemos como o sentimento entre as duas é bastante forte e profundo. Ao longo da narração, descobrimos como elas acabam se interligando aos deuses e à cidade de Lamento.

Os deuses estavam mortos há quinze anos, afinal, mas seu ódio persistia e reinava em seu lugar.*

Quanto aos personagens secundários, alguns tiveram mais destaques que outros. Rubi, Feral e Pardal nunca tiveram tanto destaque e desenvolvimento. Senti que aqui eles foram deixamos mais de lado ainda, exceto por Pardal que, apesar do pouco foco, suas ações foram bastante decisivas e importantes.

Minya é uma personagem que entendo completamente suas ações, mas ainda assim sinto vontade de arrancar sua cabeça. Desde o livro passado, apesar de me dar nos nervos com todo esse desejo cego de vingança, entendo bem de onde ele vem justamente por ter as lembranças do dia trágico na cidadela. Nesse livro, também temos algumas revelações sobre como seu poder influenciou toda a sua vida.

"Estamos todos do mesmo lado. Até ela. Você pode estar do mesmo lado e ter idéias diferentes."*

Outro personagem que também possui um desenvolvimento interessante em Thyon. Eu já tinha um pouco de simpatia pelo moço apesar dele ser bem soberbo. Aqui, convivendo com pessoas mais "simples" que as que ele está acostumado a viver, ele vai refletir sobre suas ações e perceber como seu status sempre o fez julgar tudo e todos.

"[...]Thyon, à terra, sentiu todas as escolhas que fez, todas as ações que tomou, como um peso que carregava com ele. Ele se perguntou: seria o peso que ele poderia derramar ou jogar fora, ou seria para sempre uma parte dele, tanto quanto seus ossos e seus corações?"*

A reta final é de tirar o fôlego e ficar com o coração na mão. À medida que ia lendo, ficava desesperada porque tudo parecia que não iria acabar bem para ninguém ali. Mas felizmente, tudo deu certo e eu gostei bastante de como a autora finalizou a história.

Durante o livro, a autora joga algumas referências a Feita de Fumaça e Osso. Logo nas primeiras páginas já temos o que seria um indício de conexão entre as duas séries. Já aviso que não temos participação de Karou e afins aqui, mas quem sabe um futuro encontro entre os dois mundos não está por vir...

"De todos os deuses que existem por aí, em todos os mundos, com todos os seus dons, poderia haver alguém que... eu não sei." [...] "Alguém que ... faz novos corpos para almas que precisam deles?" [...] "Quais são as chances?"
"[...]De centenas de mundos? Seria mais estranho se não houvesse alguém assim por aí."*

Atualmente quem possui os direitos de publicação da duologia aqui no Brasil é a editora Universo dos Livros, mas até o momento não se tem nenhuma notícia da publicação dessa continuação.

"Esta é Lamento. Você não pode esperar que as coisas façam sentido aqui.*"

Resenhas anteriores
Livro 1 - Um Estranho Sonhador (Strange the Dreamer)

* Sinopse e quotes traduzidos por mim.

14 comentários:

  1. Olá!
    Parece ótimo o livro, pena que não tem previsão de continuação da história. Fico ansiosa demais quando não sei quando vai sair o próximo volume, vou esperar sair para eu ler toda a sequencia.
    Quanto a edição está linda, amei essa capa.
    Beijocas.

    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Que bom que a leitura foi positiva, mas confesso que a premissa não me interessou.
    Mas, amei a capa!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  3. Oiii Lu

    Eu tenho essa dualogia no kindle e pretendo ler o quanto antes, mas também quero conferir primeiro Feita de fumaça e osso que todo mundo super reocmenda e diz que é incrível. Espero que a Universo publique logo a continuação no Brasil, tem muita gente esperando ansiosa.

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu, putx eu acho que deve demorar sair por aqui... mas que bom que vc está curtindo a leitura!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu
    Essa capa é linda mas eu não conhecia a história do primeiro, até que fiquei curiosa para saber sobre o que é a obra. Quem sabe eu não dê uma chance? Tô tentando ler mais fantasias porque os romances tão me cansando um tiquinho.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu

    Eu ainda preciso terminar Feita de Fumaça e Osso pra talvez partir para essa nova trilogia. Digo talvez porque leio resenhas bem divididas do primeiro, então vamos ver.

    ResponderExcluir
  7. Não li a resenha para evitar spoilers, mas vi pela sua nota que o livro foi excelente. Eu já tenho o volume 1, mas acabei procrastinando a leitura kkkkk. Mas eu juro que vou ler ainda esse ano.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu.
    Eu tenho a série Feita de Fumaça e osso, mas ainda não li. Fiquei bastante curiosa sobre essa. Gostei da premissa, mas ao saber que é a Universo dos Livros que detém os direitos já desanimei.
    Bjus

    ResponderExcluir
  9. Olá Luiza,

    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa, a capa me lembrou do livro jogos vorazes...kkk.

    Beijos.


    http://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá, Luiza.
    Eu achei essa capa linda. Tomara que sigam para o lançamento por aqui. Ainda não li o primeiro mas tenho ele aqui e coloquei ele em um desafio que estou participando. Mas vamos ver se leio mesmo ou espero sair esse.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu pulei sua resenha apesar de já ter lido o primeiro volume por motivos de: quero me surpreender. O maravilhoso daquela primeira leitura foi não saber nada da história e ir tomando os tapas na cara conforme ela avançava, então quero viver isso de novo KJASBUOFAUOA nem li a sinopse da continuação pra escapar.
    Tá na meta do semestre, então acho que mês que vem to encaixando ele na TBR!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi
    eu tenho curiosidade com o primeiro livro, que bom que também gostou dessa continuação e que foi de tirar o folego, gostei da resenha.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Eu adorei Strange The Dreamer! Apesar de ter achado o romance muuuito rápido, eu senti muita empatia pelo Lazlo. Ele, sem dúvidas, foi um dos personagens com o coração mais puro que eu encontrei. Achei ele bem parecido com o Sam de Got, até o gosto por histórias.

    Estou pensando em ler a continuação logo logo!
    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)