Resenha #432: A Magia do Inverno - Tahereh Mafi (Universo dos Livros)

Share:
Título: A Magia do Inverno
Título Original: Whichwood
Autor: Tahereh Mafi
Série: Furthermore #2
Páginas: 288
Ano: 2018
Editora: Universo dos Livros
Sinopse: Embarque em uma incrível jornada pela terra de Whichwood nessa impressionante continuação do aclamado best-seller Além da Magia, de Tahereh Mafi!
Nossa história começa em uma noite congelante… Laylee mal consegue se lembrar dos tempos felizes antes de sua mãe morrer. Antes de seu pai, levado pela dor, perder o juízo (e o caminho), e ela ser abandonada como a única mordeshoor restante na cidade de Whichwood, destinada a passar seus dias esfregando a pele e a alma dos defuntos nos preparativos para suas vidas após a morte. Ficou fácil esquecer e ainda mais fácil ignorar não apenas sua crescente solidão, mas a forma como suas mãos exaustas, assim como seus cabelos, estão se enrijecendo e se tornando acinzentados. No entanto, alguns estranhos conhecidos irão aparecer e o mundo de Laylee irá virar de ponta-cabeça enquanto ela redescobre a magia, a cor e o poder de cura da amizade. Exuberante e encantadora, a aclamada Tahereh Mafi tece uma nova aventura mágica neste mundo persa fantasiosamente sombrio, trazendo ao público novamente Alice Queensmeadow e Oliver Newbanks, protagonistas de Além da Magia.



Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

Os acontecimentos de A Magia do Inverno se passam alguns meses depois dos de Além da Magia. Apesar de ainda contarmos com as participações de Alice e Oliver, a história aqui não é (per se) uma continuação do livro anterior, porém pode conter alguns spoilers.

Enquanto em Além da Magia eu tive um pouco de dificuldade em me conectar com a história por conta do pano de fundo, aqui essa dificuldade se chama Laylee Layla Fenjoon. Veja bem que Laylee é uma mordeshoor de treze anos com a responsabilidades de adultos. Sim, pois o trabalho de mordershoor é preparar os mortos para a passagens e ela vem fazendo isso sozinha - repito, SOZINHA - desde os onze anos de idade, quando sua mãe morreu e seu pai a abandonou, com o propósito de enfrentar a Morte.

Por que eu tive dificuldade com Laylee? Porque ela é uma criança amargurada, marginalizada e abandonada. A minha dificuldade foi realmente aceitar o fato que toda uma cidade abandona uma criança por causa dos seus pais e sua profissão. Laylee está tão acostumada com esse abandono que, quando Alice e Oliver aparecem para ajudá-la, ela os trata mal, sendo um reflexo de como é tratada na cidade de Whichwood.


Se em Além da Magia trouxe assuntos como preconceito e aceitação, em A Magia do Inverno o foco maior é na negligência, abandono e marginalização. Como já frisei bem nos dois parágrafos anteriores, desde os onze anos Laylee assume tarefas que ela não deveria nem se preocupar por um bom tempo. É difícil não se compadecer do sofrimento da garota e como isso afetou o modo de ver a vida.

A participação de Alice e Oliver é bastante importante na vida de Laylee. Mesmo a mordershoor afastando os dois habitantes de Ferenwood, eles não desistem de ajudá-la (OK que isso tem um pouco a ver com a missão de Alice mas não vem ao caso). Aos poucos, junto com o um garotinho bondoso chamando Benyamin, os três vão quebrando as barreiras de Laylee.

Apesar de um clima mais triste e sombrio que Além da Magia, A Magia do Inverno também foi uma ótima leitura. Assim como o anterior, ele tem um final fechado, mas espero que a Tahereh volte a explorar outros reinos desse grande mundo que ela criou.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Além da Magia (Furthermore)

14 comentários:

  1. Olá, Luiza.
    Eu li o primeiro livro e minha experiencia não foi boa. Na verdade eu não li, ouvi ele e não sei se foi por isso que acabei não gostando da história. Por isso não pretendo ler esse.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu! Este livro me deu arrepios em alguns cenários, mas gostei bastante da história. Tomara mesmo que a autora volte a explorar este universo. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, nossa é mais triste do que imaginava! Mas parece parece uma boa leitura e acho as capas lindas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu! Tudo bom?
    Infelizmente eu não curti a história lá no primeiro então acabei abandonando. Deve ser bem linda mesmo, mas não me conquistou :/

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi
    nunca li nada da autora, mas sempre falam bem da escrita dela, parece ser uma história tensa, por conta da situação vivida pela protagonista e deve ser doloroso para o leitor ver uma criança sendo tratada como ela

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,
    Eu ainda não li essa série, preciso me focar em Estilhaça-me antes de pegar qualquer coisa da Tahere.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Gostei dos assuntos abordados. Faz tempo que tenho vontade de ler esses livros, mas ainda gosto mais da capa do primeiro livro.
    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu, eu curti muito sua resenha, fiquei bem curiosa, acho que fiquei mais curiosa com este livro do que o outro, o primeiro livro!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu!
    Menina eu to chocado com esses temas nesse livro. Marginalizacao ja fiquei atento e quero. Vou ler o primeiro pra ve se pega e se rolar compro esse depois. Prefiro a capa desse do q a do outro KKKK.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Linda resenha, fiquei babando essa edição que está linda, quando eu tiver uma oportunidade, com certeza lerei.

    Beijo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  11. Oie, tudo bem?
    Depois que a Tahereh Mafi saiu da Novo Conceito nem liguei mais para a autora, o que é uma vergonha, já que ela escreve muito bem.
    Além da Magia e A Magia do Inverno me parece livros excelentes, por tratar de temas tão fortes e infelizmente atuais negligência, abandono, marginalização já deixa o livro interessante

    ResponderExcluir
  12. Já tive a oportunidade de comprar este livro numa feira de livros, por um preço bem em conta, mas não comprei porque não tinha o primeiro livro da série. Agora é que percebo que dá para ler de forma independente.

    Eu nem imaginava que o livro abordaria assuntos tão sérios. Pela capa imaginava que era uma fantasia leve. Acaba que a autora utiliza a ficção para falar de assuntos reais, como o abandono, a negligência dos pais e da sociedade. Sabemos que na vida real são muitas as crianças abandonadas e negligenciadas por todos, trabalhando ainda crianças, tendo que se virar para viver, pois a sociedade vira o rosto, fingindo que não está vendo nada. É muito triste. Acredito que este livro mexeria muito comigo.

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas parece ser uma obra bem interessante, pelo o que tu disse. Parece ser uma leitura bem pesada e séria também. Adorei a resenha e dica!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  14. Oiiii,

    Eu sou completamente apaixonada por estas capas! Fora que a temática que os livros trazem é muito importante e tenho certeza de que a leitura é envolvente. Já li algumas coisas sobre o primeiro livro e fiquei louca para poderia conferir a história. Tenho certeza de que irei acabar completamente envolvida.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)