Resenha #429: Segredos De Uma Noite De Verão - Lisa Kleypas (Arqueiro)

Título: Segredos de uma Noite de Verão
Título Original: Secrets of a Summer Night
Autor: Lisa Kleypas
Série: Wallflowers #1
Páginas: 288
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Sinopse: Apesar de sua beleza e de seus modos encantadores, Annabelle Peyton nunca foi tirada para dançar nos eventos da sociedade londrina. Como qualquer moça de sua idade, ela mantém as esperanças de encontrar alguém, mas, sem um dote para oferecer e vendo a família em situação difícil, amor é um luxo ao qual não pode se dar.
Certa noite, em um dos bailes da temporada, conhece outras três moças também cansadas de ver o tempo passar sem ninguém para dividir sua vida. Juntas, as quatro dão início a um plano: usar todo o seu charme e sua astúcia feminina para encontrar um marido para cada, começando por Annabelle.
No entanto, o admirador mais intrigante e persistente de Annabelle, o rico e poderoso Simon Hunt, não parece ter interesse em levá-la ao altar apenas a prazeres irresistíveis em seu quarto. A jovem está decidida a rejeitar essa proposta, só que é cada vez mais difícil resistir à sedução do rapaz.
As amigas se esforçam para encontrar um pretendente mais apropriado para ela. Mas a tarefa se complica depois que, numa noite de verão, Annabelle se entrega aos beijos tentadores de Simon... e descobre que o amor é um jogo perigoso.
No primeiro livro da série 'As Quatro Estações do Amor', Annabelle sai em busca de um marido, mas encontra amizades verdadeiras e desejos intensos que ela jamais poderia imaginar.



Depois de muito ensaiar, finalmente comecei a série As Quatro Estações do Amor. Com certeza irei causar muita polêmica ao dizer que Segredos de uma Noite de Verão virou um dos meus romances de época favoritos e Annabelle uma personagem marcante.

Logo no prólogo, eu já me surpreendi com Annabelle Peyton. Era praticamente unânime a opinião sobre a mocinha ser chata e mimada, mas eu não a vi desse jeito. Durante todo o livro, eu vi uma moça preocupada com o futuro do irmão e decidida a acabar com uma situação terrível que sua mãe se submetia para apenas ganhar migalhas de dinheiro e pagar as contas.

Tudo bem que essa questão dela querer casar com um lorde da sociedade é pior que disco arranhado; apesar de não ficar muito explícito, Annabelle vinha de uma boa condição até que seu pai morreu e tudo mudou. Então, aquele círculo da sociedade era sua zona de conforto; era um ambiente que ela sabia com trafegar e lidar com as pessoas. Porém, a condição de sua família e sua atração por Simon falaram mais alto e ela cedeu aos encantos do novo-rico.

Adorei o fato de Simon Hunt não ser um mocinho da sociedade, com algum título de nobreza. Filhos de pais açougueiros, ele batalhou muito para chegar onde chegou. Ele não faz questão de ser aceito pela sociedade e deixa isso bem claro, pois ele sabe que logo essa questão de nobreza irá cair, enquanto os novos-ricos irão ascender. Vemos também que, assim como a nobreza não via a burguesia com bons olhos, o contrário também acontecia.

Gostei muito como a Lisa trabalhou a questão dos novos-ricos na sociedade londrina e o preconceito que eles sofriam. Como a própria Annabelle colocou em certo ponto, a pessoa poderia estar falida e nem ter onde cair morta, porém se achava superior somente por ter um título.


Outro ponto interessante no livro foi acompanhar a vida de Simon e Annabelle após o casamento. Apesar de ainda viverem na fase da lua-de-mel, a vida de Annabelle mudou completamente ao se casar com empresário (?). Achei que suas inseguranças foram bem plausíveis com a situação que ela se encontra, agora casada. Como falei no começo da resenha, fazer parte da sociedade era o que Annabelle sabia desde sempre e era sua zona de conforto. Toda mudança causa dúvidas e desconfortos, mas o sentimento desenvolvido por Simon faz com ela se mantenha de mente aberta para o mundo do marido.

Creio que Annabelle não é querida por muitos leitores por ser diferente das mocinhas que estamos acostumados a acompanhar; aquela que não se importa com classe social ou origens do mocinho, que o amor supera e é mais forte que tudo e blá blá blá. Annabelle é uma mulher bem mais próxima da realidade das mulheres que viveram no século XIX: com uma família passando necessidades e acostumada a viver entre a nobreza, ou se casa com um lorde ou vira amante de um. Porém esse detalhe que me fez gostar da personagem; que Annabelle estivesse disposta a sacrificar sua felicidade e dignidade para dar um futuro melhor para seu irmão Jeremy e sua mãe.

Enquanto lia, eu conversava com algumas amigas que já leram e afirmava que, na situação que Annabelle e sua mãe se encontravam, eu teria suas mesmas atitudes e decisões. Gostei muito de ver seu crescimento e, principalmente, a sua mudança de pensamento sobre os novos-ricos e sua nova condição social. Annabelle entrou na minha lista de mocinhas que teve o melhor crescimento em uma história.

Segredos de uma Noite de Verão foi um livro que me surpreendeu bastante, se tornando um dos meus favoritos. Não é segredo para ninguém que a Lisa Kleypas virou uma queridinha minha. Não vejo a hora de dar continuidade à série.

16 Comentários

  1. Oi Lu!
    Tenho uma amiga que ama os livros dessa autora em especifico essa serie. Ela sempre fala das protagonista e inclusive tenho o volume um salvo pra ler. Um dia nois chega la. Ainda nao achei meu romance de epoca KKK mas a busca segue.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, td bem?
    Sou doida pra ler essa série e conhecer a escrita da Lisa Kleypas! 😍
    Adoro esse tipo de romance "princesa e plebeu" hahahah
    Vc falando sobre a Anabelle, me lembrei da Eadlyn de A Herdeira q td mundo odiou e eu a entendi e adorei, rs
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu
    Você me surpreendeu mesmo porque eu achei esse e o terceiro os mais sem graça da série KKKK Mas cada um tem uma experiência diferente, o bom é que você gostou.
    Beijo
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de Todas as pequenas luzes
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu!
    Esses livros estão na minha lista de leitura e espero poder dizer que virou meu preferido do gênero também hahaha Só não me fala que antes era O Duque e Eu, que eu tenho uma síncope aqui haha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  5. Olá, Luiza.
    Eu comecei essa série pelo terceiro livro e gostei muito de todos eles. Eu lembro que na ocasião até demorei e a ler por conta dos comentários negativos, mas acabei gostando muito da protagonista. Meu favorito é o segundo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Olha Lu, eu achei a protagonista soberba porque mesmo com todos os problemas ela não precisava tratar o Simon do modo que ela tratou.... mas tudo bem, a série é ótima!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi
    eu tenho vontade de ler essa série, que bom que gostou da leitura, é sempre bom ver resenhas diversas da história, a protagonista pelo que falou parece ser bem interessante.
    Eu ando muito viciada nesse gênero de leitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu!
    Gosto bastante da escrita da Lisa, já li algumas resenhas divergentes sobre esse livro, mas estou muito curiosa para conhecer a história, principalmente por esse ter se tornado um dos seus livros favoritos.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  9. Oi, Lu! Tudo bom?
    AAAAAAAAAAAAAAA eu vou pra essa série assim que me atualizar nos Ravenels.
    Entendo essa coisa de gostar de mocinha que ninguém gosta porque eu aparentemente gostei das menos favoritas dos leitores até hoje UHHUASHUASUHSAHUSAHU mas tô nem aiii, se é bem escrita pra gente é o que importa.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu sou doida para ler essa série de livros, sempre vejo elogios para a autora
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu, esse livro é incrível, aliás, toda a série é!
    Acho que foi uma das primeiras séries da autora que eu li, adorei a amizade entre as meninas e adorei ler sua resenha, recordar este livro foi ótimo!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  12. Acho bem legal esses livros de época que levam em consideração fatos históricos. Além disso, já me apaixonei pela mocinha só pelo fato dela não ser clichê, me identifiquei com ela.
    Sério, você conseguiu me fazer colocar um livro de época e romance na minha lista para futuras leituras, e isso é muito raro de acontecer, hahaha.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  13. Olá Lu
    Sempre vejo resenhas positivas sobre esse livro e todos falam bem dessa autora, estou pensando em começar essa série também
    Beijos
    https://focadasnoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá..
    Eu adoro a Lisa Kleypas, li a série Os Ravenels e simplesmente AMEEI! Agora, estou pra ler essa série aí, mas, ainda não comecei... Adorei conferir seus comentários sobre, sem duvida, me animou ainda mais a ler ;)
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Estou muito ansiosa para conhecer a escrita da autora, muitas pessoas já me recomendaram, mas ainda não li hehe. Adorei sua resenha!

    Beijo
    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  16. Oi Luiza.
    Eu li este livro quando lançou e apesar de ter gostado da história como um todo, custei a me agradar da mocinha. Achei que ela foi muito antipática e soberba com Simon, mesmo estando em uma situação precária. A coisa só engrenou bem pra mim depois da metade do livro e mesmo assim, mais pela amizade das meninas e todo o contexto do enredo.
    Bjus

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)