Série #75: Sweet Tooth


Sinopse: Produzida por Robert Downey Jr. e baseada na série homônima de HQs da Vertigo (selo da DC Comics), Sweet Tooth conta a história de Gus (Christian Convery), um menino-cervo que vive em um futuro pós-apocalíptico e faz parte de uma nova raça híbrida de humanos e animais. Isso é resultado de uma série de mutações que aconteceram depois do "Grande Colapso", quando um misterioso e mortal vírus espalhou o caos pelo mundo. Devido à pandemia, Gus cresceu isolado por uma década, até que decide deixar sua casa na floresta para explorar o que restou lá fora e encontrar sua mãe desaparecida. Mas, contra todas as probabilidades, ele se torna amigo do ex-jogador de futebol Tommy Jepperd (Nonso Anozie), agora viajante solitário e um dos sobreviventes da catástrofe. Juntos, eles embarcam em uma aventura extraordinária por um planeta devastado – e perigoso. Ao descobrir que existem outros como ele, Gus acaba ingressando em uma família de híbridos enquanto busca por respostas acerca dessa nova realidade e o mistério por trás da origem de sua espécie.
Criação: Beth Schwartz, Jim Mickle
Produção: Robert Downey Jr., Beth Schwartz, Susan Downey, Linda Moran, Amanda Burrell, Jim Mickle
Elenco: Christian Convery, Nonso Anozie, Adeel Akhtar, Aliza Vellani, Will Forte, Stefania Owen, Dania Ramirez, James Brolin, entre outros.

Quando Sweet Tooth, não perdi tempo em conferir. A série é adaptação das HQs de Jeff Lemire, que leva o mesmo nome.

A primeira temporada é composta por oito episódios, variando de 40 a 50 minutos, mas que passam super rápido. O motivo é o próprio protagonista. Gus/Sweet Tooth (Christian Convery) é um garotinho de 10 anos que viveu isolado do mundo catastrófico e agora parte em busca da sua mãe. Sua inocência e ingenuidade vão te conquistar logo na primeira cena. Dá vontade de guardar em um potinho e salvar do resto do mundo.

Paralelo à busca de Gus, temos também mais duas histórias distintas: do casal Singh (Adeel Akhtar) e da protetora Aimee (Dania Ramirez). De primeira você pode se sentir um pouco perdido, mas logo as coisas começam a se encaixar e as histórias se cruzam. O roteiro é bem consistente e se sustenta, deixando você ansioso pelo próximo episódio.

Nos dois últimos, há grandes revelações sobre o vírus que praticamente dizimou os humanos e sobre as crianças híbridas. Claramente a temporada deixa um super gancho e eu já quero a segunda na minha mesa pra ontem!!!!



6 Comentários

  1. Está na minha lista de desejado. Quero ver se começo essa semana. Pelo menos a fotografia já achei linda!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela recomendação do filme, vá assisti-lo imediatamente.
    cheap frontal wigs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu ainda não assisti, mas quero muito. Tô preguiçosa pra séries de novo, mas vai ficar na listinha até surgir o estalo - parece linda demais!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! Gostei de conhecer essa temporada e não sabia da existência da série, vou esperar sair novas temporadas para começar a assistir.
    Beijos.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, sua linda, tudo bem?
    Eu descobri essa série em outro blog e já coloquei na minha lista. Você me deixou mais animada para ver.
    beijinhos.
    cila.
    https://cantinhoparaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Woo. sounds so great! I must go to have a look.

    30 inch 613 wig

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)