Resenha #505: Em Queda Livre - L.M. Halloran (Cherish Books BR)

Share:
Título: Em Queda Livre
Título Original: The Fall Before the Flight
Autor: L.M. Halloran
Série: ---
Páginas: 306
Ano: 2020
Editora: Cherish Books BR
Sinopse: Há coisas que estão fora do seu limite...E há o seu psiquiatra.
Eles chamam esse lugar de Oasis, e ele é o médico responsável.
Ele acha que pode me salvar. Me curar. Me pegar se eu cair...
Tá bom...
Dr. Leo Chastain é uma distração de dar água na boca.
Por esse motivo, estou inclinada a jogar o jogo dele.
Ele não sabe que eu sou incapaz de sentir emoções que surgem naturalmente nos outros:
Medo, compaixão, amor...
Eu posso ser uma sociopata.
Eu o avisei que estou tão quebrada ao ponto de não poder ser consertada.
Que quanto mais ele me pressiona, mais eu recuo.
Até que ele esteja destruído também.


Em Queda Livre foi um livro que me surpreendeu bastante. Logo nos primeiros capítulos me vi super envolvida na vida de Amelia/Mia e não conseguia parar de largar.

Amelia ou - como gosta de ser chamada - Mia é uma mulher que está sofrendo por razões que nem ela sabe explicar. Após um acidente, que pode ter sido uma tentativa de suicídio ou não, ela é mandada pelo seu irmão para um lugar chamado Oasis, na esperança de que possa ajudá-la psicologicamente e a se entender.

Já nos primeiros capítulos, vemos como nem Amelia sabe a razão por gostar de fortes emoções. É para provar algo? É uma forma de chamar atenção? Nas sessões com seu terapeuta, dr. Leo Chastain, junto com ela, partimos em uma jornada para conhecer a verdadeira Amelia, suas motivações, seus medos, seus traumas...

O livro é dividido em duas partes - A Queda e O Voo -, o que me surpreendeu. Achei que todo o volume seria focado na estadia de Mia no Oasis, mas não... Gostei de ver a personagem recuperada, tomando as rédeas da sua vida, se permitindo viver e se arriscar, mas de forma saudável. Com certeza a Mia da parte dois é uma pessoa bem mais confiante, viva e feliz do que a Mia da parte 1.

Guiando Amelia nessa jornada, temos o dr Leo Chastain. Particularmente não sabia como me sentir nessa situação de envolvimento entre médico e paciente, ainda mais terapeuta, mas a autora soube trabalhar bem esse tabu. Como a narração é feita por Mia, até a própria mulher não sabia como se sentir em relação ao médico. Seria um sentimento verdadeiro? Seria alguma projeção que ela fazia nele, como figura de autoridade?


Leo é um homem integro, solidário e dedicado a ajudar todos os pacientes do Oasis. Apesar do seu interesse em especial por Amelia (que lá na reta final vamos descobrir o verdadeiro motivo), assim como ela, ele também sabe o quanto pode dar ruim - tanto para o tratamento dela quanto para sua carreira - eles se envolverem. Pela visão de Mia, vemos que ele também sente uma atração por ela, mas resiste em nome do profissionalismo e respeito com seus pacientes.

Os personagens secundários também são bem desenvolvidos. No Oasis, conhecemos outros ocupantes com problemas reais, sentimentos reais que você se apega. Mesmo com seus próprios demônios, eles se ajudam uns aos outros a poder superar toda essa fase na vida. Apesar de suas diferenças, gostei bastante a inusitada amizade que ocorreu entre eles.

A escrita da autora é bem intensa e envolvente. Com a narração em primeira pessoa, você vê de perto toda a dor de Amelia e seu processo de superação, assim como acompanhamos sua vida após superado seus problemas. É gritante a diferença de personalidade e perspectiva da personagem se compararmos suas duas fases da vida. E também é impossível não ficar feliz por Mia ter alcançado sua felicidade.

Um único detalhe que não curti muito foi a questão do conflito no final do livro, que poderia ter sido resolvido com uma conversa entre adultos. Entendo Mia ter se sentido traída e magoada por conta da situação, mas se isolar nunca é a solução correta. Porém, após esse detalhe, somos agraciados com um epílogo lindo e fofo, que me fez terminar o livro com um sorriso no rosto e bem por ver que Mia finalmente recebeu tudo de bom que merecia nessa vida.

Em Queda Livre já está disponível na Amazon, sendo grátis para quem assina o Unlimited.

15 comentários:

  1. Olá, Luiza.
    Fiquei aqui na duvida sobre ler esse livro ou não. Eu não sou tão fã de romances com drama e já fiquei ressabiada com essa confusão no final que poderia ter sido resolvido com uma conversa. Todo livros agora parece que tem isso antes do felizes para sempre. Mas vou pensar se leio ou não hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Olá Luiza, eu adoro romances mas não com uma pegada caliente como esse parece ser, e prefiro os históricos também, porém adorei sua resenha e a foto postada!

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, apesar da ressalva sobre o final, o livro parece bom e curti os personagens, quero ler depois!

    Bjs Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  4. Tem uns conflitos que a gente não entende nas histórias, principalmente por que daria para ser uma boa conversa.
    Sendo honesta não é um tipo de livro que leio

    ResponderExcluir
  5. Faz um tempo que eu não leio um romance assim e acho que este tipo de livro tem tudo a ver com o meu momento de querer ler algo mais focado no amor e talz. Fiquei curiosa com o conflito final e já quero cornetar porque esses crescidinhos não conversam...
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem? Não conhecia esse livro ainda, mas fiquei bem curiosa para ler. Deve ser muito bacana poder acompanhar a evolução e o processo de superação da protagonista. Adorei a resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem ?
    Eu vi esse livro em propaganda no Facebook ontem, quando vi nÃo me chamou a atençao.
    Mas com sua resenha fiquei curiosa, gosto de ver evolução de personagens, que crescem e se tornam fortes.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conhecia essa obra, mas fiquei curiosa. Sobre a sua ressalva do final, eu não sei o que pensaria. Concordo que o isolamento nunca é a resposta, mas algumas pessoas lidam isso de uma forma diferente. De qualquer forma, vou adicionar a dica na minha listinha e espero conhecer esse livro em breve.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  9. Oi, Luiza!
    Lendo a sinopse e vendo a capa, já sei que o livro não é muito o meu estilo. Apesar disso, achei importante a autora trazer uma personagem tão complexa.
    Porém, mesmo você dizendo que ela trabalhou bem, me incomoda demais esse relacionamento entre médico e paciente. Por mais que os personagens saibam disso, é proibido exatamente porque pode atrapalhar o tratamento do paciente. Me incomodou bastante.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/04/resenha-olga.html

    ResponderExcluir
  10. Olá tudo bem?
    Somente pela sinopse já sei que o livro não me atrai. Não gosto de livros que tratam da relação de terapeuta/psiquiatra com paciente, já que isso é anti ético kk Então por ora não vou ler esse livro. Mas gostei da sua resenha.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem? Como fã de livros do estilo, com certeza dica anotada. Gosto bastante de personagens nesse molde, e apesar da ressalva ser algo que também me incomoda, é sempre bom cada um criar sua própria opinião né!? Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Gosto de romance, só que mais voltado para os de época. Essa história deve ser emocionante tbm, pelo que vi tem uma dose de drama e os personagens Amélia e Leo parecem se bem presentes na história. Ah, gostei do seu blog e estou te seguindo. Se puder me seguir também, agradeço imensamente. Até mais!!! =)

    ResponderExcluir
  13. Oi, Luiza.
    Mal terminei de ler a sua resenha e já entrei aqui no site da Amazon para baixar esse livro pelo Unlimited. Adorei a premissa e gostei de ver que a autora trabalhou essa questão do envolvimento paciente/terapeuta.
    Fiquei curiosa para saber mais sobre esses personagens!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  14. Oi Lu!

    Eu fiquei bastante feliz que os personagens secundários são bem desenvolvidos, quando isso não acontece fico com uma sensação de que faltou algo. Já vou procurar no KU porque fiquei realmente muito impressionada com a resenha

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)