Resenha #503: Uma Herdeira Apaixonada - Lisa Kleypas (Arqueiro)

Título: Uma Herdeira Apaixonada
Título Original: Devil's Daughter
Autor: Lisa Kleypas
Série: Ravenels #5
Páginas: 272
Ano: 2019
Editora: Arqueiro
Sinopse: Embora a bela jovem viúva Phoebe, Lady Clare, nunca tenha conhecido West Ravenel, ela sabe uma coisa com certeza: ele é mau e um valentão podre. Quando estava no colégio interno, ele fez da vida de seu falecido marido uma desgraça, e ela nunca o perdoará por isso. Mas quando Phoebe participa de um casamento de família, encontra um estranho arrojado e impossivelmente charmoso, que a abala com um choque de atração de fogo e gelo. E então ele se apresenta ... como ninguém menos que West Ravenel.
West é um homem com um passado manchado. Sem perdão, sem desculpas. No entanto, a partir do momento em que conhece Phoebe, West é consumido por um desejo irresistível ... sem mencionar a amarga consciência de que uma mulher como ela está fora de seu alcance. O que West não negocia é que Phoebe não é uma dama aristocrática. Ela é filha de uma Wallflower obstinada que há muito tempo fugiu com Sebastian, lorde St. Vincent - o libertino mais diabolicamente perverso da Inglaterra.
Em pouco tempo, Phoebe começa a seduzir o homem que despertou sua natureza ardente e demonstrou um prazer inimaginável. Sua paixão avassaladora será suficiente para superar os obstáculos do passado?
Só a filha do diabo sabe ...
A autora de best-sellers do New York Times, Lisa Kleypas, conta uma história brilhante de uma linda e jovem viúva que encontra paixão pelo homem que ela não deveria ...


Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

West Ravenel já é uma figura constante desde o início da série. Sempre com comentários sensatos, ele sempre roubava a cena em suas aparições. Por isso, fiquei com medo que o efeito Colin Bridgerton se repetisse com ele; afinal, infelizmente o único livro que o Bridgerton comilão não brilha é o seu próprio. Ainda bem que os chakras estão alinhados e Uma Herdeira Apaixonada superou todas as minhas expectativas.

Particularmente, eu gosto muito de romances de épocas cujas protagonistas são viúvas cujo casamento não foi um inferno na terra. Geralmente são personagens um tanto complexas simplesmente pelo fato de querer respeitar a memória da pessoa amada falecida, com medo de se abrir para a vida. E é assim que conhecemos Phoebe, lady Clare.

Mesmo após dois anos da perda do marido, Phoebe ainda é um pouco relutante em seguir em frente sem o marido. Com dois filhos pequenos e uma propriedade para administrar, ela sabe que em algum momento terá que se casar novamente; menos por obrigação da sociedade e mais pela figura paterna que deseja que os filhos tenham. Phoebe é uma mulher cheia de vida, gentil e de alma solidária. Por isso não poderia existir alguém para ela, a não ser Weston Ravenel.

Apesar de muito ter largado a vida de libertino, West ainda se julga por todas as suas ações do passado. Mas, desde o início da série, sabemos que ele é um homem honrado e trabalhador, que se esconde por baixo de comentários autodepreciativos. Mas desde o início, eu sabia que quando ele encontrasse a mulher certa, a amaria de corpo e alma, sendo bastante dedicado e carinhoso.


Confesso que temi do fato de West ter sido um pestinha para o ex-marido de Phoebe na escola fosse interferir muito no relacionamento dos dois, mas não. Apesar da imagem que Phoebe tinha do "inimigo" do falecido marido, logo ela percebe que West passa longe da pessoa arrogante que parecia ser.

A atração de Phoebe e West é quase que momentânea. Sem querer os dois possuem uma química maravilhosa de se acompanhar, já que West quer ser mais que um caso para Phoebe, e ela está decidida a ter esse homem por inteiro e para sempre em sua vida. E isso só é bastante complementado com o modo como o Ravenel trata os dois filhos pequenos da viúva. Sério.. ovários e útero até coçam de tão fofa que é a relação dele com as crianças.

É também pensando nos filhos de Phoebe que ele hesita em tentar um futuro com ela, visto que ele teme que as crianças sejam alvos de comentários sobre o passado do padrasto. A ligação entre West e Justin é bastante instantânea (Stephen é um nenê de dois anos, então não tem muita voz na questão). Desde as primeiras interações, percebe-se o quanto West realmente foi feito nessa vida para ter uma família e ser um grande pai.

A história inicia no mesmo espaço de tempo que ocorreu Um Acordo Pecaminoso e termina alguns meses depois dos acontecimentos de Um Estranho Irresistível. West conhece Phoebe quando esta chega para o casamento de Pandora e seu irmão, Gabriel. No livro anterior, West chega a citar vagamente a viúva. Eu fiquei na dúvida como seguiria essa linha de tempo, mas funcionou muito bem.

Agora só nos resta esperar chegar em terras brasileiras o livro da Cassandra. Chasing Cassandra é o livro que fecha essa série, estrelando Cassandra Ravenel (dã!) e Tom Severin. Estou bem curiosa em ver esse casal, visto que em toda série não lembro nem deles no mesmo recinto, mas com certeza Lisa não vai decepcionar.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Um Sedutor sem Coração (Cold-Hearted Rake)
Livro 2 - Uma Noiva para Winterborne (Marrying Winterborne)
Livro 3 - Um Acordo Pecaminoso (Devil in Spring)
Livro 4 - Um Estranho Irresistível (Hello Stranger)

9 Comentários

  1. Oi Lu,

    Eu ainda não comecei a ler essa série, mas está na minha lista de leitura. Pelo visto esse foi uma boa "sequência"
    Espero ler no próximo semestre!

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Opa, tudo bem por aí?

    Nunca me interessei pela leitura dessa série, porém, as resenhas que leio sobre são sempre positivas. Talvez eu deva dar uma chance, apesar de quase não ler obras do gênero. Suas resenhas são sempre ótimas <3

    Abraços!
    Acampamento da Leitura

    ResponderExcluir
  3. Acredita que "Uma herdeira apaixonada" foi o primeiro livro que comprei em 2020? Quer dizer, comprei HQs, HQ também é livro, mas foi na banca e não em uma livraria on line dividido em trocentas vezes. Estou esperando ele chegar e estava dividida entre ansiosa e temerosa, mas agora estou mais tranquila. Já sei que vai ser uma história envolvente!

    ResponderExcluir
  4. Oie, ainda não li mas parece ser muito bom . Ótima indicação beijos

    Segredosdamarii.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu
    Acho que esse é um dos meus favoritos dessa série. Eu amo demais o West, meu personagem favorito da vida! Adorei a história dele, ainda mais porque é uma coisa gradual, desde o primeiro ele está mudando e sendo encantador.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Curto muito seus posts, são muito bem criativos e interessantes.. Sempre estou aqui lendo e compartilhando com minhas amigas...

    Beijos 😘.

    Meu Blog: resultadopernambucodasorte.net

    ResponderExcluir
  7. Oi,Lu

    Tinha uma cena da Cassandra e do Tom nesse livro, mas só foi publicada em uma edição limitada gringa. A Lisa vive prometendo que vai publicar no site dela, mas só enrola.
    E Weston é muito meu crush! <3

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  8. Olá, Luiza.
    Eu estava com o mesmo receio que você de ser um novo Colin Bridgerton, mas o West foi apaixonante. Até favoritei o livro só por minhas expectativas com ele terem sido alcançadas.

    Prefácio

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)