Resenha #481: O Peso da Conquista - Mara Jacobs (Cherish Books BR)

Título: O Peso da Conquista
Título Original: Worth the Weight
Autor: Mara Jacobs
Série: The Worth #1
Páginas: 318
Ano: 2019
Editora: Cherish Books BR
Sinopse: Um novo corpo…
Uma nova vida…
Uma velha chama?
Lizzie Hampton é apenas uma sombra de seu antigo eu. Tendo perdido metade do seu peso corporal, ela está indo para sua pequena cidade natal para testar seu novo corpo e uma antiga chama.
Apenas uma aventura inofensiva para recuperar sua autoconfiança antes de retornar à cidade e ao novo homem em sua vida.
Mas o plano de Lizzie tem alguns percalços no caminho.
Finn Robbins não pode acreditar que Liz está de volta à cidade. Desesperado para ser seu primeiro homem dezoito anos atrás, ele nunca teve a chance.
Agora ela está de volta, e ele finalmente pode riscá-la de sua lista de desejos.
Mas seus amigos, seu filho e a misteriosa Annie podem ter algo a dizer sobre isso.



Quando escolhi O Peso da Conquista para a próxima leitura, pela sinopse e capa eu esperava mais uma história fofinha e divertida. O que encontrei foi uma linda história de autoaceitação e saber aceitar ajuda quando necessário.

Confesso que Lizzie não é uma protagonista muito agradável à primeira vista. Com toda sua obsessão por O Plano (que envolve um caso de verão com seu antigo namorado), em momentos ela parece um tanto arrogante e egoísta. Entretanto, ela se mostra uma mulher generosa, solidária e amorosa. Como uma mulher de negócios, ela tenta ser bem pé no chão em relação a Finn, porém a cada dia de convivência se torna mais difícil não se apegar à ex-paixão.

Finn é um homem orgulhoso, porém trabalhador e honesto. De início, ele se recusa a aceitar a ajuda de Lizzie, mas ele sabe reconhecer que ela é mais que necessária para alcançar um certo objetivo. Finn é o típico homem rústico, mas no fundo tem um grande coração e quando se apaixona, se entrega pra valer.

Lizzie e Finn possuem um passado, regado a alegrias e tristezas. Os dois ainda têm muito a percorrer e a autora trabalha muito bem no desenvolvimento deles como casal. Como adultos, agora eles conversam sobre todas as inseguranças e dúvidas do passado e gostei bastante da maturidade de falar sobre mágoas e ressentimentos, tentando deixar isso de lado e apenas curtir a companhia um do outro.


O Peso da Conquista também fala muito sobre autoaceitação. Lizzie é uma mulher com um negócio de sucesso, rodeada de amigos e pessoas que se importam com ela e, apesar de ter perdido peso e agora se encontrar no corpo que desejava, ela ainda tem problemas de autoestima; sempre se monitorando quando se trata de comida e medindo as áreas do seu corpo, principalmente na parte da barriga. A autora soube trabalhar muito bem esse lado autodepreciativo da personagem e toda sua jornada.

Em certos momentos, me identifiquei bastante com Lizzie e sua paranoia sobre o corpo e o peso. Por muito tempo, eu era bastante insatisfeita com meu corpo e foi um longo caminho até eu me sentir bem e confortável com o que tenho. Então, muitas vezes eu entendia e compreendia o sentimento de Lizzie ao se olhar no espelho e não gostar do que via.

Os personagens secundários também são bem trabalhados e de grande importância na vida de Finn e Lizzie. Allison e Katie são a voz da consciência de Lizzie e, apesar de não concordarem em tudo, estão sempre apoiando a moça. Clea, Stevie e Anne são as pessoas pelas quais Finn fez - e ainda faz - todo sacrifício para que possam ter uma boa vida.

Minha única ressalva na história é em relação a narração. O livro é narrado em terceira pessoa; ora pelos olhos de Lizzie, ora pelo de Finn. Em algumas passagens, a autora se deixava levar demais com descrições e descrições de acontecimentos - seja presente ou passado -, achei esse artifício um pouco cansativo.

O Peso da Conquista é o primeiro livro da série Conquistas. Ele já se encontra na Amazon, sendo grátis para clientes Unlimited. O segundo livro se chama A Melhor Conquista e também já foi lançado.



18 Comentários

  1. legal conhecer esse livro, ainda mais sabendo que aborda esse tema do peso e corpo que realmente é uma neura de muitas mulheres (inclusive minha)

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luiza.
    Já li os dois e gostei bem mais do segundo hehe. Me identifiquei também com a protagonista com essa coisa do peso, de se ver gorda. mas achei o começo muito confuso. Aquele negócio do tal plano eu não entendi nada. Só fui entender lá pelo meio do livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa sequência de livros e fiquei meio com o pé atrás por causa da narrativa ser cansativa em alguns momentos. Mas, amei a sua resenha! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu
    Eu gosto de livros com auto aceitação, mas quero obras mais leves e divertidas. Tem muita protagonista que fica batendo na mesma tecla, e isso irrita um pouco, mas também coloquei na lista.
    Beijo!
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que me identificaria bastante com a personagem pois também tenho muito problema com relação a peso e autoestima. Apesar de não ter muito saco para personagens a primeira vista irritantes, acho que iria gostar bastante da leitura pelo tema em si. É raro eu achar um livro que trabalhe bem esse tópico. Achei mto interessante.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,
    Com essa capa, acho que eu já esperava algo sobre auto aceitação sim.
    Gosto bastante do tema e o acho necessário, por estar no unlimited ajuda bastante a ler!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi, achei super legal o fato de o romance falar sobre autoaceitação e abordar essa questão do peso. Fiquei conhecendo o livro pela sua resenha, maravilhosa por sinal, e é uma leitura que certamente farei quando puder.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Luiza!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas pela capa, dificilmente eu me interessaria. No entanto, lendo a sua resenha, até fiquei curiosa com a história.
    Achei importante a autora trabalhar o casal conversando sobre suas inseguranças. Algumas vezes, nos romances, falta um pouco disso.
    Adorei a sua resenha.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com/2020/02/resenha-fale-mulheresemfoco.html

    ResponderExcluir
  9. Oi, Luiza.
    Adorei a sua indicação. Não costumo ter muito problema com descrições, mas bom saber que pode ter um pouquinho de excesso. Adorei a dica e já estou adicionando ao meu K. Unlimited!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem? Estia que não sabia da existência desse livro, mas fiquei bem curiosa. Gostei de saber que vai além de uma história divertida e fofa, nos fazendo refletir sobre algumas coisas. Gosto de narrativas em terceira pessoa, desde que realmente não tenha excesso de descrições. Ainda com ressalva, quero encarar a série. Adorei!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oiii,

    As vezes eu acho que é melhor os autores investirem mais narrativas em primeira pessoa e alternância de fala de personagens, porque eu tenho sentido muito isso ultimamente, que eles colocam em terceira pessoa, e ai a narrativa fica cansativa em alguns pontos. De toda forma, parece ser uma história interessante e trata temas interessantes, principalmente por causa das conversas sobre inseguranças. Gostei da dica.

    Beijinhos...
    http://www.equipenerd.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem? Não conhecia o livro mas achei a premissa bem interessante. Principalmente por se tratar de autoaceitação. Nos últimos tempos engordei um pouco e é difícil se sentir bem quando nos olhamos no espelho. As roupas não servem mais. Você vai às lojas e nada fica bom. Além de as pessoas te olharem diferente. Voltei a fazer reeducação alimentar e já eliminei 7Kg. Uma grande vitória para esse início de ano. Devemos sempre ser melhores do que éramos ontem. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  13. Não é o tipo de leitura que geralmente faço. Eu confesso que sou meio sem paciência com esse tipo de história. E meio que ser série, é um pouco menos atrativo ainda pra mim.
    Mas, fico feliz em saber que muitas pessoas gostam desse tipo de leitura, e que ele está disponível no Unlimited.
    Abração

    Carol, do Coisas de Mineira

    ResponderExcluir
  14. Olá Luiza!!!
    Pela capa eu achava que seria algo mais doce que teria umas pitadas de hot no meio, mas sem ser muito.
    Eu gostei da premissa do livro e por isso estarei anotando a dica, mas fiquei com um pé atrás por saber que a protagonista não encanta tanto assim porém só lendo para saber mesmo se eu vou gostar ou não.

    lereliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem? Já vi que é babado! Não conhecia a obra mas é um livro que eu gostei muito da proposta e com certeza vai para a lista! Dica incrível!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  16. Essas histórias de autoaceitação são sempre importantes, principalmente para aquelas pessoas que precisam de alguma ajuda ou de alguma coisa para se inspirar. Ainda não conhecia essa obra, mas achei bem interessante.

    Beijos,
    Blog PS Amo Leitura

    ResponderExcluir
  17. Eu amo uma história sobre autoaceitaçao viu, acho que tem sempre algo que posso aprender e me inspirar. Mesmo com a sua ressalva quanto a narração, que entendo totalmente, com certeza vou apostar nessa história que tem tantos pontos positivos!

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não conhecia esse livro, mas fiquei muito curiosa para ler. Acho tão importante livros que falam sobre a autoaceitação, porque infelizmente vivemos em uma sociedade que ainda valoriza e cobra muito um corpo ideal (como se isso existisse) e claro que isso impacta na autoestima das pessoas. Como alguém que ainda luta para aceitar o próprio corpo, acho qu eme identificaria muito com a personagem. Além disso, como adoro um bom romance, acho que irei gostar da leitura.
    Amei sua resenha e vou anotar a dica. Acho que é o estilo de leitura que eu gosto, e tendo um tema tão importante é melhor ainda.
    Beijos!

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)