Resenha #476: Uma Noite com Grace Kelly - Lucy Holliday (HarperCollins Brasil)

Share:
Título: Uma Noite com Grace Kelly
Título Original: A Night in with Grace Kelly
Autor: Lucy Holliday
Série: Libby Lomax #3
Páginas: 304
Ano: 2017
Editora: HarperCollins Brasil
Sinopse: O destino aprontou Libby Lomax. Ela percebeu, tarde demais, que seu melhor amigo Olly é o verdadeiro amor de sua vida. Agora ele está apaixonado por Tash, que parece tão legal, e parece que o final feliz dela está completamente fora de alcance.
As coisas começam a melhorar quando ela, literalmente, encontra o completamente deslumbrante Joel. Libby descobre que Joel tem mais do que um tanquinho, e não menos importante, o fato incrível de que ele honestamente acredita que encontrou sua princesa de conto de fadas nela.
E se isso não bastasse, um hóspede indesejado aparece no sofá encantado de Libby; Grace Kelly, usando seu icônico vestido de noiva e convencida de que Libby é fruto de sua imaginação. Mas uma coisa em que Grace não acredita são os contos de fadas. Grace acredita que, se você realmente quer algo, precisa fazer isso acontecer; palavras que dão a Libby esperança de que finais felizes não sejam apenas para princesas de contos de fadas...


ATENÇÃO! Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, pode conter spoiler

E chegamos ao fim das aventuras de Libby Lomax. Será que em Uma Noite com Grace Kelly, a ex-atriz agora designer de bijuterias vai ter seu final feliz?

É bem perceptível a evolução de Libby durante a trilogia. Tudo bem que ela ainda aguenta umas situações bem bizarras envolvendo suas embustes chamadas mãe e irmã, mas pelo menos ela já não é tão passiva.

A cada livro, um ícone do cinema ajuda Libby a ter uma outra perspectiva de sua vida. Com Audrey Hepburn, ela estava em conflito com seu pai ausente. Com Marilyn Monroe, ela se viu diante a situação de ter focado tanto em um lado da sua vida e esquecido suas amizades. Com Grace Kelly, ela vai refletir se vale a pena investir em uma relação quando visivelmente está apaixonada por outra pessoa.


Desde o primeiro livro, já sabíamos com quem Libby iria ter seu final feliz. Por ser justamente o par romântico da mulher, achei que Olly teve muito pouco desenvolvimento. Tudo bem que a história era sobre Libby e seus problemas, mas acho que o cozinheiro poderia ter tido um maior destaque.

Porém duas pessoas que roubaram a cena foram Bodgan e Dillon. O filho de Bodgan começou como uma espécie de alívio cômico e foi ganhando o coração de Libby, se tornando um grande amigo e conselheiro. Dillon também teve sua redenção e, apesar de ser bem visível seus sentimentos por Libby e saber que a ex-atriz é apaixonada por outra pessoa, ele também não deixa de ser um bom ombro amigo, até sendo o principal incentivador para que ela abra seu coração.

Dos três livros, acho que o que teve menos aparição do ícone do cinema foi este. Nas suas aparições, Grace Kelly possuía um ar arrogante e soberbo, mas no fim das contas ela foi de grande ajuda ao aconselhar Libby em um momento crucial da sua vida.

Apesar de alguns detalhes, essa trilogia foi bem divertida de acompanhar. Super indico para quem deseja algo leve para se distrair.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Uma Noite com Audrey Hepburn (A Night in with Audrey Hepburn)
Livro 2 - Uma Noite com Marilyn Monroe (A Night in with Marilyn Monroe)

6 comentários:

  1. Olá, Luiza.
    Eu gosto desse gênero, apesar de que fazia tempo que eu não li. Li recentemente a trilogia A Rainha da Fofoca e me deu saudades. Por isso se der vou ler eles. E acho super legal essa idia de ter as divas do cinema nas histórias.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, eu já estive muito pilhada pela trilogia, hoje nem tanto, mas não tirei da lista de leituras, uma hora eu leio rs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi
    Ainda não comprei esses livros, mas vou comprar com certeza! As capas são fofas e as histórias parecem ser super legais!
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa | Facebook | Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu!
    Eu acho que eu ate daria uma chance pra esses livros se fosse uma coisa de volume unico. Mas trilogia? Por mais divertido que seja, ainda sim fico cansado so de imaginar KKKKK.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu,

    Pulei sua resenha por causa dos spoilers, mas quero muito ler essa trilogia, pois sinto que vou curtir os livros da autora.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu! Tudo bom?
    Se eu ler essa série algum dia vai ser com um interesse morno. Ao mesmo tempo que tenho uma curiosidade, também não é uma vontaaaaaaaaade de ler, sabe?

    Beijos,
    Denise.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)