Resenha #457: Ninth House - Leigh Bardugo (Flatiron Books)

Título: Ninth House
Título Original: ---
Autor: Leigh Bardugo
Série: Alex Stern #1
Páginas: 458
Ano: 2019
Editora: Flatiron Books
Sinopse*: Galaxy "Alex" Stern é a membro mais improvável da turma de calouros de Yale. Criada no interior de Los Angeles por uma mãe hippie, Alex abandonou a escola cedo e entrou em um mundo de namoros com traficantes, empregos sem saída e muito, muito pior. Aos vinte anos, de fato, ela é a única sobrevivente de um homicídio múltiplo horrível e não resolvido. Alguns podem dizer que ela jogou sua vida fora. Mas em sua cama de hospital, Alex tem uma segunda chance: frequentar uma das universidades de elite do mundo com tudo pago. Qual é o problema e por que ela?
Ainda procurando respostas para isso, Alex chega a New Haven encarregada de seus misteriosos benfeitores com o monitoramento das atividades das sociedades secretas de Yale. Sabe-se que essas oito "tumbas" sem janelas são assombradas pelos futuro ricos e poderosos, de políticos de alto escalão a Wall Street e os maiores atores de Hollywood. Mas suas atividades ocultas são mais sinistras e extraordinárias do que qualquer imaginação paranóica possa imaginar.


Atenção! Esse livro contém gatilho de uso de drogas, estupro, assassinato, abuso físico e psicológico, exposição da imagem feminina sem consentimento e mais alguns outros.

"Nós somos os pastores."*

Ninth House é o mais novo trabalho da Bardugo. Como super fã da autora, claramente eu iria conferir, mesmo tendo uma pegada diferente dos outros livros já lançado. Esse é seu primeiro trabalho adulto; um thriller com uma pegada sobrenatural.

De primeira, já se percebe uma diferença na escrita da autora. Aqui tem uma pegada um pouco mais sombria, o que super combina com o clima da história. O tom também melancólico também é condizente com a história, visto que a personagem principal - Alex - está se recuperando de uma situação bem tensa que passou.

"New Haven era uma cidade para sempre à beira das coisas."*

A narração em terceira pessoa é alternada entre Alex Stern e Daniel “Darlington” Arlington. Os capítulos se alternam entre as estações do ano, sendo o presente (Winter) focado em Alex e o passado (Last Autumn) focado em Darlington.

Alex é uma personagem bastante peculiar, assim como uma capacidade que ela possui. Vinda de um passado abusivo e bastante tóxico, vemos sua dificuldade em se adaptar à nova realidade em Yale e deixar velhos hábitos no passado. Alex é uma mulher determinada e um tanto teimosa; sempre segue seus instintos e, pelo menos aqui, foi uma boa decisão.

Apesar de ter aparecido pouco, Darlington é um personagem bastante cativante. Nas suas narrações, vemos como é verdadeiro o sentimento de lealdade que ele tem não somente por sua casa - Lethe -, mas pelo que todas as casas proporciona. O quanto ele realmente é devoto ao seu papel de Vigil. De início ele é um tanto hostil em relação à Alex, mas aos poucos os dois vão se tornando uma ótima dupla com ótimas interações.


Ninth House é envolto de mistérios do início ao fim. Há o mistério da sobrevivência de Alex em um triplo homicídio, há o mistério das próprias casas, há o mistério de um assassinato e há o mistério do desaparecimento de um membro importante da casa Lethe. Os mistérios são interligados entre si e muito bem desenvolvidos.

O início da história foi um pouco complicado. Demorei a me conectar com os personagens, com a ambientação, com a história em si… Assim como Alex, caímos de cabeça nessa história de sociedades secretas e magias que ocorrem na Universidade de Yale. Junto com a personagem, vamos nos familiarizando com todas as sociedades que compõem a chamada Houses of Veil (tradução livre, Casas do Véu). Passados alguns capítulos, a história tomou um bom ritmo. A alternância entre passado e presente fez com que a história se tornasse mais envolvente. 

"Todos vocês, crianças brincando com fogo, parecendo surpresos quando a casa queima."*

Creio que esse é o trabalho mais pesado da autora. Fica aí o gatilho para uso de drogas, estupro, assassinato, abuso físico e psicológico, exposição da imagem feminina sem consentimento e mais alguns outros. Bardugo também trabalha a questão do privilégio tanto masculino quanto de classe social e misoginia.

"Apenas duas coisas mantêm você seguro: dinheiro e poder."*

Aos que estão esperando algo mais dinâmico da autora, como nos seus trabalhos anteriores, devo dizer para baixar a expectativa. Como falei, a história tem uma cadência bem melancólica até praticamente o final do livro, onde forninhos caíram e revelações foram feitas. Confesso que uma delas eu já desconfiava, mas a outra foi um tiro que eu não previa. O livro termina com um bom gancho para a continuação, a qual estou bastante ansiosa.

Ninth House já teve seus direitos de publicação comprados pela editora Minotauro e está com lançamento previsto para o primeiro semestre do ano que vem. Ele também teve seus direitos de adaptação também foram comprados, dessa vez sendo uma série a ser desenvolvida pela Amazon Studios.

"Mors irrumat omnia. A morte fode a todos nós."*


* Tradução feita por mim 

9 Comentários

  1. Parece ser envolvente com todo esse aspecto sombrio. Também me interesso por esses temas abusivos e tudo mais, é algo que eu leria.
    Creio que não li nada do tipo ainda, aliás, acho que não conhecia o autor. Mas fiquei instigada a ler esse livro. A resenha está maravilhosa!
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  2. AMEI poder conhecer esse livro! Sou acostumada com leituras pesadas e gosto muito de livros que trazem enredos com mistérios e tudo bem amarradinho. Vou esperar a edição em português!
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu
    Eu gosto desse tipo de livro, com gatilhos e tals, só não sei se curtiria essa parada sobrenatural, o que não me chama tanto atenção, mas nunca li nada da Bardugo e tenho muita curiosidade.
    Beijo
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu! Estou acostumada com os livros dela e fantasia e este é muito diferente. Curto mistérios e por isso quero conferir. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, eu gostei que tem bastante mistério, fico feliz que até vai ter série!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu tô sofrendo com King of Scars porque tem umas partes meio monótonas e tá difícil com os capítulos de 30/40 páginas, então vou com menos sede ao pote de Ninth House. Tô com ele no Kindle, talvez leia ainda esse ano!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. bem interessante esse livro, acho interessante abordar esses temas mais pesados que precisam ser tratados

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  8. Oi
    nem conhecia essa autora, parece ser uma história bem intensa e pesada pelo que comentou, deve ser uma boa história para se ler, que bom que curtiu apesar de ter demorado para se conectar.

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)