Indicações do Babado #6: Trilogia Naughty Princess Club

Share:
Selo babado de qualidade 👍
Tirar as teias de aranha dessa coluna...

Hoje venho indicar a minha mais recente trilogia xodó: a trilogia Naughty Princess Club, da Tara Sivec. Os três livros já foram lançados aqui no Brasil pela The Gift Box Editora.

- Empoderamento feminino
Esse é o ponto forte da trilogia. Apesar de tratar de forma engraçada e leve, Tara escreveu a jornada de descobrimento e empoderamento de três mulheres que sempre foram subjugadas pelos homens que passaram em sua vida. Cinthya se moldou para ser a esposa perfeita para seu ex-marido; o pai superprotetor de Belle utilizava do destino da sua mãe para podar sua filha; Ariel passou toda sua relação anterior sendo diminuída por seu ex-marido.
Cada livro foca na caminhada dessas três mulheres se (re)descobrirem e tomar as rédeas de sua vida. E é no foco em se tornar strippers e na questão de abrirem o Naughty Princess Club que elas utilizam como um meio de se tornarem as mulheres que desejam ser. E nada de mudar por causa de macho; muito longe disso.

- Sororidade e amizade
Cynthia, Belle e Ariel não poderiam ser mais diferentes e é nessa diferença que nasce uma amizade maravilhosa. As três estão sempre apoiando uma às outras, oferecendo ombro amigo quando necessário e até dispostas a desovar corpos caso seja necessário.
Apesar de aparecer mais no primeiro livro, também adiciono aqui a relação entre Cinthya e sua filha Anastasia, que nunca julgou a mãe pelo rumo da carreira que escolheu; muito pelo contrário, já que ela sofreu também com a decisão do pai e sabe que a mãe precisava se reencontrar também.

- Stripper é somente mais uma profissão e provavelmente ninguém faz somente por diversão
Nessa trilogia, Tara mostrou que ser stripper é como uma profissão como qualquer uma, o que é uma quebra de como sempre é mostrado em histórias. Já li alguns livros onde strippers geralmente é para rivalizar com a mocinha, ou responsável pelo trauma de algum mocinho. Já não basta o quão sexualizada é a profissão (por motivos óbvios), ainda temos insinuações que toda stripper é garota de programa.
Nessa trilogia, não é bem assim... Vemos três mulheres com problemas financeiros e atoladas em dívidas, vendo no strip uma forma de ganhar dinheiro de forma limpa e honesta, assim como acontecem com várias mulheres pelo mundo todo.
Do mesmo jeito que a mãe de PJ começou a fazer stripper para colocar comida na mesa, Cinthya também fez o mesmo para poder cuidar da sua filha. Belle quer o dinheiro para salvar seu local mais importante: a biblioteca que tanto a acolheu. Ariel está afogada em dívidas por conta do ex-marido e não quer vender seus itens de colecionadora que ela tanto ama. É comum julgarmos mulheres que escolhem esse emprego, mas será se já paramos para pensar a razão pela qual elas decidiram tirar a roupa por dinheiro e na frente de estranhos?

- Relacionamentos saudáveis
A relação entre os casais é mais saudável possível. Já se inicia do fato dos mocinhos não julgarem nem fazerem escândalos por suas respectivas companheiras terem um negócio onde tiram a roupa na frente de outras pessoas. A real é que eles são os primeiros a apoiarem e incentivarem a levar o Naughty Princess Club para frente.

- Personagens secundários maravilhosos
Se tem uma autora que sabe trabalhar bem seus personagens secundários, essa autora é a Tara. Além de protagonizarem cenas hilárias, eles têm ótimas interações com os personagens principais.

- Os elementos dos contos de fadas
Cada livro é inspirado em um conto de fadas (Cinderela, A Bela e a Fera e A Pequena Sereia). Veja bem que não falei releitura, mas sim inspiração e Tara inseriu muito bem alguns elementos na história.
Cinthya vem de um lar tóxico, onde sofria nas mãos da madrasta e das duas irmãs; a linda e bem ressarcida biblioteca na casa do Fera; Ariel e seu hobby de colecionar objetos… durante a leitura, vemos referências aos contos de fadas de inspiração.

- Príncipes encantados (mesmo não queiram admitir)
Muito difícil encontrar uma série onde não exista um mocinho que tenha um pé lá em Chernobyl, mas felizmente não é isso que acontece aqui. PJ, Vincent e Eric são três homens de personalidades distintas, mas que se igualam na questão de apoiar suas mulheres e respeitar seus espaços. Os três sempre estão desafiando suas amadas a saírem da zona de conforto porque acreditam na mulher que elas podem vir a ser. Mas que fique claro; eles estão aqui para apoio moral e não para salvar as princesas


11 comentários:

  1. Oi Lu!
    Gente eu so quero ler essa séria na moral. Eu tenho certeza que vou curtir.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Impossível ver esse post e não querer ler essa série, Lu! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Luiza.
    De tanto você mencionar já estou maluca de vontade de ler essa série. Parece mesmo ser sensacional.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu adoro uma releitura boa de contos de fadas, e depois daquela sua resenha acabei adicionando os livros na wishlist da Amazon porque óbvio. Só falta-me a grana agora HUASHUSAHUASHUASHU

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Me interessei muito por essa trilogia, parece mesmo que traz uma ótima história.
    Beijo, Blog Apenas Leite e Pimenta ♥

    ResponderExcluir
  6. Eu vi resenhas sobre a trilogia e fiquei doida para ler justamente por ter essa pegada diferente e mais mente aberta. Me deixou bem interessada. Só tá faltando dinheirinho no meu bolso pra poder comprar e ler rs

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  7. Olá, Luiza.
    Depois que li sua resenha do ultimo livro eu já fiquei querendo ler ela. E depois dessa postagem então eu preciso para ontem hehe. Já quero muito ler esses relacionamentos saudáveis e esses mocinhos que não são escrotos.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu
    Como sabe já me interessei pela obra e já estou lendo o primeiro. Eu tô amando a sororidade das personagens, apesar de achar que a "Ariel" é bem doidinha kkkk não vejo a hora de terminar.
    Beijo
    Te convido a responder um questionário para meu TCC, é rapidinho e vai ajudar muito!
    https://pt.surveymonkey.com/r/2TFT8NZ
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL
    Sorteio de Todas as pequenas luzes
    Sorteio de aniversário dos blogs O que tem na nossa estante e Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, eu amei os motivos! Eu já fui na amazon atrás dos meus exemplares!! Ja tenho certeza que vou gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante


    ResponderExcluir
  10. Dica super anotada Lu, afinal acho que li todas as suas resenhas, doida para conferir os livros!!

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)