Resenha #363: Por Lugares Incríveis - Jennifer Niven (Seguinte)

Título: Por Lugares Incríveis
Título Original: All the Bright Places
Autor: Jennifer Niven
Série: ---
Páginas: 336
Ano: 2015
Editora: Seguinte
Sinopse: Violet Markey tinha uma vida perfeita, mas todos os seus planos deixam de fazer sentido quando ela e a irmã sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive. Sentindo-se culpada pelo que aconteceu, Violet se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente. Theodore Finch é o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e obrigado a lidar com longos períodos de depressão, o pai violento e a apatia do resto da família.
Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai parar no alto da torre da escola e, para sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular. Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.



Por Lugares Incríveis foi um dos livros que escolhi para o projeto 12 livros para 2019. Eu sempre ouvi muitos elogios à história, principalmente sobre o final de partir o coração. Bem… eu gostei do livro, mas com ressalvas.

Violet e Finch são personagens com vida e problemas diferentes que, de repente, se veem envolvidos. Violet perdeu a irmã num acidente; Finch é negligenciado pela família e, de certa forma, amigos. De uma inesperada amizade nasce um relacionamento intenso e um tanto conturbado, visto a fama de Finch.

Apesar dos temas abordados, como luto, depressão, bipolaridade, Jennifer conseguiu conduzir a história de forma que ela não ficasse tão pesada e densa. Violet é uma menina que está aprendendo a viver sem sua irmã. Cada um enfrenta e supera o luto à sua forma e Violet ainda está vivendo nessa situação. Na sua casa, seus pais a encorajam a retomar sua vida no seu passo, porém é bem perceptível que os próprios ainda não superaram a perda da filha.


Por mais que o livro tenha maior foco em Violet, eu gostei muito mais do arco do Finch. Pelos seus comentários, vemos que sua vida não é nada fácil. O pai abusivo; mãe separada que trabalha mil empregos para poder sustentar os filhos e, por isso, os neglicencia; seus apagões. Não é dito com todas as letras na história, mas pelas narrações do Finch, podemos ver que ele sofre de bipolaridade e depressão. Eu queria que a Jennifer tivesse focado e desenvolvido melhor esses seus problemas. E é bem aqui que são minhas ressalvas na história.

Depois de uma certa decisão do Finch, a autora poderia muito bem ter focado nas consequências para sua família e Violet. Porém, o que ela fez foi focar em Violet e tratar a situação com um certo descaso. Eu não gostei do rumo que a história tomou a partir daí e foi por isso que ele perdeu uma estrela. A mensagem que passou foi um tanto equivocada: você pode ser a cura de alguém, mas não consegue se curar.

Por Lugares Incríveis está em processo de adaptação e será estrelado por Elle Fanning e Justice Smith. Muito se reclamou na escolha do Finch, pelo ator que irá interpretá-lo ser negro. Bem… Gosto muito do Justice e seus trabalhos; fora que, como eu já sabia da escalação quando li, eu não conseguia imaginar outro Finch (nos momentos que a Violet comentava sobre sua aparência, meu cérebro entrava em um pequeno curto, mas tudo bem). O filme está com estreia prevista para esse ano ainda.

Apesar das ressalvas, Por Lugares Incríveis foi uma leitura bastante evolvente. Porém, deixo o aviso de vários gatilhos, caso você não esteja passando por uma boa fase.

18 Comentários

  1. Eu amei sua resenha. Já tinha visto muito por aí sobre esse livro, mas nunca tinha parado para ler com atenção. Agora que eu li, estou completamente louca para ler, me parece aquele livro que nos deixa com ressaca literária. Estou precisando de um assim kkkkk Esse tema de bipolaridade e suicídio é um tema que deve ser bem abordado, pois sempre esquecemos que pode ter alguém assim ao nosso redor. Mas pelo que eu li, a autora conseguiu trabalhar muito bem esse assunto. Adorei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menina, esse é meu livro preferido, li ele em um período que fez eu me identificar muito com os personagens em alguns partes, mas vou te contar terminei de lê-lo chorando e fique um bom tempo (um BOM tempo mesmo) numa ressaca literária desgraçada kkkk

      Excluir
  2. Oi, Lu! Tudo bom?
    Esse livro tá na minha lista de 'títulos que eu amo e nunca vou saber resenhar'. A história foi tão sensível e tocante e me deixou ARRASADA de uma maneira difícil de explicar; quero muito ver como vão adaptar porque aaaaaaa merece um roteiro digno pra me fazer chorar muito de novo :v

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu!
    Eu gostei demais desse livro, muito mais do Finch do que da Violet em si. A historia dele e interessante, embora pesada. Sofri com o final. Sofri pacas. Mas concordo, existem alguns pros.
    Eu to ansioso pelo filme, embora nao sei, a escolha do cast. Nao gosto da atriz que escolheram. E nem muito do ator. Acho que eles nao interpretam bem KKKK. Mas vai que da certo.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu,

    Eu não li o livro ainda, mas ele está na lista de leitura desde que foi lançado.
    Ouvi tantos comentários positivos quanto negativos sobre a obra. Mas quero conferir para ver o que acho.
    Bjs e uma boa semana!
    Diário dos Livros
    Conheça o Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu
    Eu sempre quis ler esse livro mas quando comprei minha irmã leu primeiro e acabou me dando spoiler, desde então a vontade passou. Dizem que realmente é muito bom e bem sofrível.
    Beijo

    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Que livro incrível!

    Ótimo post!
    >>> https://blogjulianarabelo.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  7. Estou querendo ler esse livro faz tempo mas, sempre coloco outro na frente.
    Não irei mais adiar essa leitura, amei sua resenha *-*
    Beijos

    http://palavrasdavanessa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu.
    Gostei da resenha e de saber mais sobre este livro. Apesar de ser famoso e estar virando filme, eu nunca senti vontade de conferir e acho que ainda vai demorar um pouco pra ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu! Eu gostei muito desse livro, apesar do final ter me deixado triste. Adaptações de livros que gosto sempre são um caso sério, eu não vi nos atores os personagens que imaginei e espero que a história não tenha sido muito alterada. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu, tudo bem?

    Bom, eu pulei todinha a sua resenha, por que quem me conhece sabe que tenho problemas com esse livro: amo e odeio! Meu gato se chama Finch em homenagem ao lritsgoprotae eu o odeio pelas decisões tomadas. E lindo, mas é horrível. Eu recomendo pra todos, mas não pretendo ler nunca mais novamente. Tenho sentimentos controversos sobre ele, rs. Qua do fiz a resenha dele em 2016 eu não parava de chorar, e só de ver a capa dele meus olhos ficam marejados. Porém, vale a pena, não me arrependo de ter lido.

    Beijoooo 💙

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu! Eu nunca li nada da autora, mas acho que ela sempre aborda temas interessantes! E tb curto o trabalho de Justice! Já doida pra conferir a adaptação!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu
    O livro parece interessante, mas agora não leria, mas quem sabe em outro momento, né? Gostei da sua resenha, muito boa, e gostei muito de saber que saiu a adaptação dele para o cinema.
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  13. Oi, Luiza!

    Este livro deve ser incrível mesmo, sou louca para ler, mas sempre deixo para depois, rs. Já sei que vou chorar bastante com a história. Espero que a adaptação fique boa!

    Beijocas,
    Rafa

    ResponderExcluir
  14. Oie Lu =)

    Sou suspeita para falar desse livro, pois ele é um dos meus livros favoritos da vida. Fiquei completamente destruída ao final da leitura. Por um bom tempo não conseguia falar dele sem chorar.

    Confesso que estou um pouco apreensiva com a adaptação, mas com certeza vou assistir e claro, chorar horrores novamente.


    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  15. Oi, Lu

    Eu não sei o que acontece comigo, mas esse livro simplesmente me repele. Entretanto acho que verei a adaptação, e vi esse lance aí sobre a escalação do ator. Se o personagem fosse negro e escalassem um branco não iam reclamar, quer apostar?

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Lu,
    Esse livro é um dos meus favoritos da vida. Me ajudou muito depois que tudo aconteceu com meu pai. Lembro que chorei muito e passei dias com ele perto de mim, mesmo depois de ter terminado.
    beeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Luiza, esse é meu livro preferido, amo demais esse abençoado que fez eu entrar numa ressaca literária muito da longa hahaha estou ansiosa pela adaptação nas telas, eu queria muuuuuito que o filme saísse pela Netflix, porque acho que teria um alcance maior, beneficiando tanto os produtores, como a autora/editora e tal. Gostei da resenha, fico feliz que você tenha gostado do livro. S2

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)