Resenha #679: Dormir Em Um Mar De Estrelas - Christopher Paolini (Rocco)

Título: Dormir Em Um Mar de Estrelas
Título Original: To Sleep in a Sea of Stars
Autor: Christopher Paolini
Série: ---
Páginas: 832
Ano: 2021
Editora: Rocco
Sinopse: Kira Naváres sempre sonhou com novos mundos. Até que despertou um pesadelo.
Durante uma missão de pesquisa de rotina, Kira encontra uma relíquia alienígena. A princípio, ela fica maravilhada com a descoberta, mas logo esse sentimento se transforma em terror. Depois de cair em uma câmara no meio de um planeta desconhecido, a poeira ao seu redor começa a se mexer.
Kira é lançada em uma odisseia de descobertas e transformações que atravessa a galáxia ao mesmo tempo em que uma guerra eclode em meio às estrelas.
O primeiro contato com seres alienígenas não é como ela imaginava, e uma série de acontecimentos a levam até seu limite humano. A Terra e suas colônias estão à beira da aniquilação, e Kira, mesmo tendo que encarar seus próprios medos, se torna a última esperança da humanidade.
Assim como o Ciclo A Herança, o Fractalverse é um imenso universo projetado para florescer em várias formas de mídia nos próximos anos. Um elenco crescente de personagens memoráveis continuará a atrair os leitores para uma vasta arena de aventuras de ficção científica inesquecíveis, cheias de criaturas icônicas, apostas épicas, mistérios envolventes e diversão divertida.


Dormir em um Mar de Estrelas foi um livro que muito me chamou atenção por essa capa maravilhosa e me intimidou pelo número de páginas. No final de tudo, foi uma ótima jornada e espero conferir bem mais trabalhos do autor nesse novo universo.

Nos agradecimentos, Paolini comentou que levou NOVE FUCKING ANOS para finalizar esse livro. Lendo todo seu processo de criação de alguns elementos científicos na história, foi uma baita pesquisa matemática e física e ele não fez feio. Tudo é muito bem explicado, nos mínimos detalhes. Inclusive suas narrações são bem precisas e bem descritivas, mas não de forma cansativa. As várias cenas de ação você consegue se sentir imerso no local de tão bem escritas que são.

Alguns aspectos da história são familiares aos fãs de ficção científica, como a questão do primeiro contato com espécies alienígenas, guerras e batalhas interplanetárias, aliança entre planetas, militarismo intergalático e etc. Para uma pessoa fã de Star Trek, como eu, adorei essas semelhanças pois me lembrou bastante as histórias já apresentadas tanto nos filmes quanto nas séries dessa franquia.


A narração é feita em terceira pessoa, focada em Kira Navárez. A xenobióloga é de fácil carisma e logo nas primeiras páginas já te conquista. Durante uma missão que era pra ser uma coisa simples, ela se depara com um ser adormecido. Da forma mais difícil e dolorosa, Kira descobre que esse ser é simbiótico e agora tem que aprender a lidar com essa criatura tomando conta de todo seu corpo. E como desgraça pouca é bobagem, a aparição desse xeno (que é como Kira se refere) dá início a uma guerra entre a espécie humana e uma nova espécie alienígena nunca datada.

Kira é uma ótima protagonista. Às vezes, as narrações em terceira pessoa tão um toque bem impessoal, mas aqui você consegue ver o quão palpável são seus sentimentos, principalmente a angústia, medo, arrependimento... No início, sua relação com o xeno é bem conturbada e ao longo do livro vemos a relação entre os dois se desenvolver. O que começa com uma aversão mútua vai se transformar em companheirismo.

Os personagens secundários também são espetaculares e bem trabalhados. Aqui destaco a equipe do capitão Falconi da nave Wallfish, que são importantes nessa fase da vida de Kira, fornecendo um senso de equipe e a amizade que ela necessitava, principalmente nos momentos de dúvidas e indecisões.

As 800 páginas do livro pode assustar, mas eu achei que todas foram muito bem trabalhadas. Há de se pensar que em algum momento o autor iria encher linguiça, mas não. Cada página é utilizada para uma informação/desenvolvimento importante na história. O livro é dividido em seis partes e seus capítulos em subcapítulos; inclusive gostei dessa subdivisão pois você não fica cansado e pode parar no "meio" do capítulo sem muita neura. 

Como falei no começo, Dormir em um Mar de Estrelas é uma baita jornada. Ao final do livro eu fiquei com um sentimento misto de felicidade e tristeza, mas foi um final que se encaixa muito bem nessa jornada de Kira. O livro também conta com um apêndice, contendo glossário e cronologia, além de outras informações bem legais.

Essa é a primeira história no tal FractaIverse que ele criou e eu não vejo a hora de conferir as próximas. Pelo que entendi, todas serão independentes, então não priemos cânico. Segundo ele, provavelmente o próximo livro não vai demorar nove anos para ser escrito e assim espero.

6 Comentários

  1. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Fiquei com muita vontade de ler esse livro, os fatores que compõe o enredo parece tornar a leitura bem interessante... Gostei bastante de seus comentários!
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, eu realmente me assustaria com o número de páginas tb, ao menos não foi cansativo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Ei, Lu, tudo jóia? Eu achei a capa do livro muito linda e a história interessante. Mas confesso que aliens não me chamam a atenção. Porém fico feliz que foi uma leitura agradável e que não ficou massante levando em conta que o livro é bem grande. Beijos


    Books House

    ResponderExcluir
  4. Eu sinto que a capa é grande - Dormir em um Mar de Estrelas
    https://m.westkiss.com/lace-wigs.html

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eita o tempo que ele ficou pra escrever esse calhamaço explica o worldbuild em! Ai mulher, mais um pra lista de ficção científica que me deixou muito curiosa KJNASIFSABOUGFBAO vou esperar alguma promoção do monstrinho, mas vou ler sim.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi
    não conhecia, mais a história parece ser boa, mais de 800 páginas é muito, mas da para entender já que a autora pesquisou e muito para esse livro. Que bom que gostou da leitura e que ela foi bem desenvolvida, parece não ter muita enrolação.]

    http://momentocrivelli.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)