Resenha #524: The Wendy - Erin Michelle Sky & Steven Brown (Trash Dogs Media LLC)

Share:
Título: The Wendy
Título Original: ---
Autor: Erin Michelle Sky & Steven Brown
Série: The Tales of the Wendy #1
Páginas: 294
Ano: 2018
Editora: Trash Dogs Media LLC
Sinopse*: Quando o mundo não quer
que você seja quem você é,
você deve se tornar mais você mesmo
do que você sabia que poderia ser.
Londres. 1789. Mais do que tudo no mundo, Wendy Darling quer ser a capitã de um navio, mas as mulheres não são permitidas na Marinha Real. Quando ela descobre que o Ministério do Interior está aceitando um punhado de mulheres nos seus esquadrões, ela aproveita a chance, juntando-se à luta contra a ameaça mais formidável que a Inglaterra já enfrentou. Magia.
Mas o serviço secreto não é exatamente o que ela esperava. Acompanhada por um elenco reimaginado do Peter Pan original, Wendy logo descobre que seus sonhos estão tão distantes como sempre, que escolher lados não é tão simples quanto ela pensava e que o único homem que não é cego por seu gênero pode ser o pior amigo que alguém poderia pedir.
Qualquer um, exceto Wendy Darling.


*ARC recebida através do NetGalley em troca de uma opinião honesta*


Se tem uma história que eu odeio desde que me entendo por gente é a história do Peter Pan. Na verdade, acho que meu desgosto mesmo é com o Peter Pan e sua não-vontade de crescer. Enfim... todo esse meio desabafo é para dizer que, apesar de não curtir Peter Pan, eu me vi amando esse reconto focado na Wendy: a série The Tales of the Wendy

Em The Wendy, conhecemos a jovem órfã Wendy Darling cujo sonho é poder comandar seu próprio navio em pleno século 18. Mas como a guarda marinha ainda não permite mulheres comandantes, ela se vê trabalhando como diviner (uma espécie de adivinhadora de magia) em um pelotão costeiro na Inglaterra. Em uma certa noite, seu pelotão é atacado por Peter Pan e seus garotos (mas não tão garotos) perdidos e sua vida muda para sempre.

Erin e Steven conseguiram fazer uma ótima história sem tirar os elementos que fazem a história de Peter Pan ser mágica. Temos vários personagens da história original aqui, mas com papeis diferentes. John e Michael, que seriam irmãos de Wendy, aqui são seus companheiros de serviço. Capitão Gancho é um oficial da marinha, ainda com sua vendetta em relação a Peter Pan. E Peter Pan, bem... continua sendo Peter Pan, mas bem crescidinho.

O destaque vai realmente para Wendy Darling. Ela ainda possui o ar sonhador e fantasioso da original, mas aqui vemos uma jovem correr atrás de seus sonhos e provar que é mais que apenas uma mulher. Wendy é bastante inteligente e esperta, determinada e um tanto cabeça-dura, paciente e racional, sendo também empática. Wendy tem um grande senso de lealdade para a bandeira britânica e seus companheiros de esquadrão.


Outro ponto de grande destaque é o modo como Wendy enfrenta todo o machismo ao seu redor, principalmente perpetuado pelo Capitão Gancho. Quase sempre, ele encontra um modo de querer subjuga-la e diminuir seu papel na guarda por ser mulher. Mas Wendy não sucumbe às provocações e quase sempre usa das próprias palavras do Capitão para conseguir o que quer.

Em muitos momentos dá pra se identificar quando a própria Wendy reflete sobre o que o Gancho deseja:  que ela aja como como uma mulher histérica e sem controle, como é o pensamento de muitos naquela época. Bom, uns trezentos anos depois e ainda tem muuuuuuita gente com o mesmo pensamento.

Muito diferente do seu inspirador, Peter Pan aqui até que conseguiu me conquistar um pouquinho e me deixar bastante intrigada em suas ações, principalmente por ser acusado de sequestrar crianças e matar os seus guardiões.

John e Michael são os melhores amigos de Wendy. O sentimento de Wendy em relação aos dois é bem fraternal, mas o mesmo não pode ser dito dos dois em relação a ela. Porém, os dois estão sempre dispostos a ajudá-la, principalmente quando se trata de se reportar ao Capitão Gancho.

Poderia ser até um ponto negativo praticamente quase todos os personagens masculinos do livro, de alguma forma, se enamorarem por Wendy, mas como nada disso influencia muito na história, a gente deixa de lado. Fora que, desde o início da história, é impossível você resistir a não se encantar com a garota que vai atrás de seus sonhos, um passo de cada vez e escolhendo batalhas as quais lutar.

Capitão Gancho, ele é um personagem bem menos estrupício. Sim, ele é bastante misógino em relação a Wendy, mas também é comprometido em defender seu país, o qual é bastante leal. Apesar de não gostar muito do que Wendy pode representar na guarda, ele sabe que ela é a única ligação com Peter Pan.

The Wendy é narrado em terceira pessoa e possui um bom ritmo. A escrita dos dois autores é bem fluída e a narração tem um toque peculiar e alguns comentários bem divertidos do narrador em relação aos personagens. O final do livro nos deixa com bastante expectativa para sua continuação, em The Navigator.

11 comentários:

  1. Esse livro é fantástico, comecei a ler essa semana... Recomendo bastante!

    Meu Blog: Apostando na Loteria

    ResponderExcluir
  2. AAAAH NÃO ACREDITO!!
    Que legall!! Se pudesse me ver, eu estaria pulando. Ainda sou fã do Peter Pan, de toda a história e não estou satisfeita, queria sei lá, uma continuação e minhas amigas também haha a gente vai dar um jeito de ler esse livro kkk
    Vou morrer de curiosidade se não o ler.
    Sua resenha está incrível, amo a sua linguagem para explicar os fatos e caracterizar as personagens.
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Amei sua resenha, como sempre!
    Acho que você é a primeira pessoa que vejo falar que odeia o Peter Pan kkkk... Ma, enfim, ainda não conhecia esse livro, mas, fiquei bastante entusiasmada pra ler também ;)
    Dica anotada!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Luiza.
    A premissa do livro é bem interessante e para quem gosta de releituras puxando para a distopia, deve ficar animado com a história. Ótima resenha como sempre.
    Bjus

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu!
    Eu não gosto da história de Peter Pan também, só não é pior pra mim do que Alice e O mágico de Oz, que são horríveis também. Eu gosto bastante da Wendy, pra mim uma das únicas personagens normais e interessantes dessa obra, mas eu também gosto do Capitão Gancho kkkk pra mim um personagem bem injustiçado.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oie!

    Apesar dos primeiros capítulos não terem me prendido muito, talvez eu dê mais uma chance pra ele. Já vi que a Wendy é mais empoderada e girl power na história.

    Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu! Também não vejo graça em Peter Pan, mas esta Wendy aqui parece ser uma garota de fibra e eu adoraria ler o livro. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu gosto de Peter Pan mas só por causa dos coadjuvantes, ele em si acho o maior tédio UHASUHASUH Capitão Gancho maior e melhor. E adoooooro uma releitura bem feita, então fiquei curiosa pra ver essa reinvenção da história!

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, eu amo o desenho do Peter Pan, mas não gosto do protagonista tb não rsrsrs achei bem interessante essa Wendy, fiquei com vontade de conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Oii Lu

    Eu adoro retellings e estes focados na Wendy, no Peter Pan me surpreendem bastante, li uma trilogia que foi até hj um dos meus favoritos da vida. Já anotei esse pra conferir, gostei do enredo criado pela autora.

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Gostei de ver como o livro foi abordado e acho que na visão da wendy a história fica muito diferente dos filmes já existentes. Fiquei um tanto curiosa para ver a visão dela.
    Beijocas.


    https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)