Resenha #492: De Volta Para Ela - Lauren Gallagher (Cherish Books BR)

Share:
Título: De Volta para Ela
Título Original: Having Her Back
Autor: Lauren Gallagher
Série: ---
Páginas: 272
Ano: 2020
Editora: Cherish Books BR
Sinopse: Trevor Larson é filho de um militar da Marinha. Ele costuma se mudar a cada poucos anos e, graças às mídias sociais, pode ficar em contato com os amigos que deixa para trás. Mas logo depois que deixa Okinawa, seu melhor amigo, Brad Gray, interrompe o contato e desaparece.
Quatro anos e duas bases depois, Brad ressurge e anuncia que sua família está chegando à base de Trevor na Espanha. Mas muita coisa mudou em quatro anos, e Trevor fica surpreso ao descobrir que Brad agora é Shannon. O reencontro não é exatamente o que os dois esperavam, mas rapidamente se reaproximam, ambos aliviados por terem um ao outro de volta.
Só que nem tudo é um mar de rosas. As forças armadas são um mundo pequeno e não há como manter em segredo a transição de Shannon. Os pais alertam os filhos para manterem distância dela. Ela não pode frequentar a escola por medo de assédio ou coisa pior. E embora seus pais tentem esconder isso, ser banidos por seu único círculo social estando a milhares de quilômetros de casa também os está afetando.
Mais e mais, Shannon se apoia em Trevor. Mas ela também está atraída por ele, e ele está atraído por ela também, sentindo coisas que nunca sentiu antes por ninguém.
Trevor está assustado mesmo assim. Não por namorar uma garota trans. Não por prejudicar a carreira ou a reputação do pai capelão. Mas depois de finalmente recuperar a amiga, ele se atreve a levar as coisas adiante e correr o risco de perder Shannon pela segunda vez?



Cada vez mais estamos sendo agraciados com histórias que envolvam representatividade sexual, porém quase sempre seus protagonistas são gays ou lésbicas. Aos poucos outras representatividades vão se fazendo ser vistas no mundo literário, assim como foi De Volta Para Ela, que conta com protagonismo trans.

Trevor é um personagem bem fácil de se gostar. Apesar de sua primeira reação ao reencontrar Brad - que agora é uma linda garota que atende ao nome de Shannon -, ele faz de tudo para tirar essa primeira má impressão de sua velha amiga. Assim como eu e você, ele também tem muitas dúvidas a respeito da transição e outras questões que envolva essa nova vida de Shannon, mas se esforça bastante para poder (pelo menos) entender o que ela está passando.

Se tem uma palavra para descrever Shannon, a palavra é guerreira. Desde nova ela já sabia com o que realmente se identificava e, mesmo sabendo de todo preconceito e ódio que poderia receber, ela foi atrás e realizou sua transição. Ela também teve a sorte grande de ter pais que a apoiaram, tentaram entender o que ela estava passando e a defendem com unhas e dentes.

Trevor e Shannon são um casal bem fofo. O romance se desenvolve aos poucos, ambos com bastante medo de prejudicar a recente reconectada amizade. Fora o quesito transição de Shannon, que também é uma grande incógnita na relação. Shannon se questiona se Trevor poderia gostar realmente dela sem ver o seu antigo eu, porém Trevor deixa bastante claro que não se importa sobre quem ela foi no passado.


Gostei de muitos questionamentos que a autora levantou no desenvolvimento da relação entre Trevor e Shannon, principalmente no tocante da cirurgia de mudança de sexo. Shannon afirma com todas as letras que ela é uma mulher, não importa o que ela tenha no meio das pernas. O que nos leva ao tocante de sexo. Os dois, como adolescentes com hormônios à flor da pele, em algum momento vão chegar a esse ponto e, bem… vou deixar pra vocês lerem e matarem a curiosidade, porém já digo que a autora trabalhou de forma maravilhosa e cuidadosa toda essa questão.

A história é narrada alternando entre Trevor e Shannon, em primeira pessoa. Gostei que ela se passa em Rota, na Espanha; ou seja, foram do circuito estadunidense que estamos acostumados. Entretanto, por ser uma base militar, Shannon ainda enfrenta muitos comentários maldosos, mas de cabeça erguida e com as melhores respostas na ponta da língua.

Eu vi algumas resenhas comentando o quão utópico como os adolescentes dessa história foram bem receptivos com Shannon e toda sua transição, assim como alguns adultos. Realmente esse cenário é um cenário bastante positivo, se formos tomar como exemplo nossa sociedade ainda bastante transfóbica - incluindo ainda a comunidade LGBT, mas eu gostei da autora ter trabalhado assim justamente porque nós e, principalmente, os transgêneros precisam acreditar que eles serão aceitos na sociedade como uma pessoa cis hetero normal é aceita.

Os pais de Shannon são aquele tipo de pais que qualquer pessoa LGBT+ queria ter na vida: compreensivos e solidários. Porém, destaco aqui o capelão Larson, pai de Trevor. De início, eu achei ele um personagem passável, mas na reta final, o capelão não passou fome e nem frio pois estava coberto de razão e deu uma ótima jantada em pessoas transfóbicas que se achavam no direito de denegrir Shannon por ela ser trans.

De Volta Para Ela é uma história bem fofa sobre amor, respeito e aceitação, com uma ótima mensagem de força e determinação. Está disponível na Amazon, sendo grátis para Clientes Unlimited.

8 comentários:

  1. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eita que pela capa eu não imaginaria uma história tão importante assim (sim tava esperando outro clichê de Nicholas Sparks da vida huHUASHUSAHUSAHU). Drama militar + representatividade trans? Sign me up for this.

    Beijos, Nizz.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu, achei legal a premissa e é o tipo de livro que eu leria no momento, por estar um pouco saturada dos romances que encontramos por aí e outros estilos, fiquei curiosa e já quero ler!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu achei que a autora pegou leve em vários aspectos mesmo, mas depois pensei, e não é assim que deveria ser sempre e com todo mundo? Gostei bastante desse livro.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu
    É muito legal ver personagens trans ganhando destaque na literatura. Eu não me interessei muito pelo livro de início, mas pretendo ler mais pra frente.
    Beijo!
    http://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  5. gostei mt de conhecer esse livro, acho legal trazer personagens trans de destaque

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Adorei a resenha do livro, ótima dica de leitura
    Beijos ♡ Blog | Instagram | Youtube

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, desde que vi a sinopse achei mega interessante o livro!! É um ótimo tema pra ser abordado e fico feliz que a autora tenha feito com muita sensibilidade.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Nossa que artigo fantástico, por isso que estou quase todos os dias visitando e lendo seus artigos. Porque sempre tem conteúdos interessantes e de qualidade.

    Beijos !!

    Meu Blog: Loterias

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)