Resenha #466: All Your Perfects - Colleen Hoover (Atria Books)

Share:
Título: All Your Perfects (BR: Todas As Suas (Im)Perfeições
Título Original: ---
Autor: Colleen Hoover
Série: ---
Páginas: 304
Ano: 2018 (BR: 2019)
Editora: Atria Books (BR: Galera Record)
Sinopse*: Uma história de amor perfeita é suficiente para manter vivo o casamento entre duas pessoas imperfeitas?
O acaso uniu Quinn e Graham duas vezes. A primeira delas, no que consideraram o pior dia de suas vidas, quando ela descobriu às vésperas do casamento que estava sendo traída pelo noivo e ele, pela namorada que pretendia pedir em casamento. A segunda, meses depois, em meio a encontros ruins.
Deste reencontro surgiu um amor profundo e um relacionamento perfeito... ou talvez nem tanto. Com o passar dos anos e a frustração por não conseguirem ter filhos, Quinn e Graham acumularam silêncios e desconfianças. O casal se encontra no centro de um furacão, e seu futuro depende das promessas feitas quando o casamento ainda parecia uma praia paradisíaca.



Atenção! Esse livro contém gatilho de infidelidade, aborto espontâneo, divórcio e depressão

Depois de muito ser tombado nas TBRs da vida, finalmente All Your Perfects foi lido. Ele já foi lançado aqui no Brasil como Todas as Suas (Im)Perfeições, mas eu particularmente acho que aquela capa não condiz com a história, então li em inglês e é isto.

Se tem uma palavra que possa definir esse livro, a palavra é intenso. A história, o relacionamento entre Graham e Quinn… tudo! A narração feita por Quinn é alternada entre passado e presente. No passado, vemos como os dois começaram a se envolver e desde o início do relacionamento, percebemos essa intensidade de sentimentos entre os dois. No presente, ainda vemos essa intensidade de sentimentos, porém de uma forma diferente de quando tudo começou.

Gostei bastante como a Colleen executou a questão da infertilidade de Quinn e como afeta sua relação com Graham. Como a própria Quinn comenta, muitos acreditam que um casamento acaba pela falta de amor, mas aqui é completamente o contrário. Os dois ainda se amam, porém o casamento está se deteriorando como consequência do sofrimento e decepção de Quinn resultantes das tentativas de engravidar durante os anos.


Graham é um marido apaixonado e compreensivo e vemos como toda essa situação o está afetando também. O sentimento por Quinn ainda é forte, mas ele começa a pensar que não é o suficiente para ela. Apesar de uma certa atitude dele (o que eu já suspeitava), gostei bastante do personagem e da sua garra. Queria acreditar que poderia existir um homem como ele na vida real...

Assim como praticamente todo livro da Colleen, esse aqui contém bastante gatilhos, sendo o principal a questão da infertilidade. Como ainda não decidi nessa vida se quero gerar um filho ou não, não consegui me conectar 100% com o dilema de Quinn, mas não significa que não entendi e compreendi seu sofrimento com a falta de fertilidade. Até porque todas as outras alternativas possíveis, incluindo adoção, também falharam com ela. Então, quando todas as alternativas possíveis para ser mãe é cortada da sua vida, é compreensível que ela entre em um estado constante de sofrimento, praticamente beirando à depressão.

O livro só não foi cinco estrelas pelo modo como foi toda essa situação foi resolvida. Uma pessoa vacinada como eu na CoHo sabe que ela gosta de pregar o fato de que o amor supera tudo. Bem, não supera tudo, mas ajuda bastante. Aqui não foi diferente, mas pelo que foi mostrado aqui, seria interessante mostrar que teve uma ajuda profissional sim.

É Assim Que Acaba ainda circula no topo do melhor livro escrito pela autora, mas All Your Perfects fica logo em seguida.

* Tradução feita por mim

7 comentários:

  1. Estou extremamente ansiosa para ler algo dessa autora e desse ano não passa. Não sei se começarei por esse, mas tenho certeza que deve ser maravilhoso e a sua resenha ficou ótima!
    http://blog-apaixonadaporpalavras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá...
    Adorei conferir suas impressões a respeito desse livro! Todas as Suas Imperfeições está na minha lista de próximas leituras e estou cheia de expectativas, pois, a CoHo é uma das minhas autoras favoritas ;)
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Luiza.
    Eu gostei do livro, mas garrei um ódio da Quinn sem tamanho. O Graham é um santo por aguentar tudo o que ela fez. Ela está sofrendo sim, mas ele também e ela só enxerga a dor dela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Depois de ler O Lado Feio do Amor eu fiquei muito traumatizada com a CoHo... Agora morro de medo dos livros dela, especialmente porque trata sempre de temas muito pesados. Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu
    Eu amo as obras da CoHo, mas sempre tenho que ler os livros dela em poucas doses, porque senão é tapa na minha cara o tempo todo. Já imagino o tanto que vou chorar porque eu odeio questão de divórcio, infidelidade e problema de gravidez KKKKKK Vai ser um babado!
    Beijo
    https://www.capitulotreze.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Luiza.
    Os livros dessa autora sempre trazem uma carga bem pesada de sentimentos, de drama, e acho que tem que se estar bem para poder ler. Esse ainda não foi pra lista, mas gostei muito da sua resenha.
    Bjus

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu,
    Também prefiro 'É Assim Que Acaba', mas gostei bastante dessa obra. Se tornou uma das melhores leituras do ano para mim, pois eu consegui ficar totalmente imersa na história, li em 24h até porque não queria parar!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)