Resenha #459: Deixe A Neve Cair - John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle (Rocco Jovens Leitores)

Título: Deixe A Neve Cair
Título Original: Let It Snow
Autor: John Green, Maureen Johnson, Lauren Myracle
Série: ---
Páginas: 336
Ano: 2013
Editora: Rocco Jovens Leitores
Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio romântico, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem, mais ou menos. Porque ficar presa à noite dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelante até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha com a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o verdadeiro amor. Mas os autores bestsellers John Green , Maureen Johnson e Lauren Myracle revelam a surpreendente magia do Natal nestes três hilários e encantadores contos de amor, interligados, com direito a romances, aventuras e beijos de tirar o fôlego.


A nota acima foi a média dos três contos.

Deixe a Neve Cair é uma antologia de contos que se passam no Natal (dã). Dos três, o autor mais famoso aqui no Brasil é o João Verde, mas as outras duas autoras não deixam muito a desejar. Confesso que somente li por conta da adaptação da Netflix, mas no fim até que a experiência foi divertida.

Os três contos se passam entre o espaço da véspera e o dia depois do Natal, em uma cidadezinha chamada Gracetown e seus arredores. O ponto de partida do livro é o conto O Expresso Jubileu (Maureen Johnson), seguido por O Milagre da Torcida de Natal (John Green), e finalizando com O Santo Padroeiro dos Porcos (Lauren Myracle).

Não conhecia a escrita da Maureen e nem da Lauren e fui surpreendida positivamente em seus contos. Tanto em O Expresso Jubileu quanto O Santo Padroeiro dos Porcos, as protagonistas têm uma boa evolução no decorrer da história. As duas passam por problemas amorosos, o que fazem com que elas comecem a analisar suas próprias vidas e o que realmente esperam do relacionamento que se encontram.


Eu já sabia que não iria curtir o conto do João Verde e a profecia se concretizou. Tudo bem que eu já fui com meio desgosto, mas baseado no que eu já sabia que encontraria em mais uma de sua história: uma aventura sem sentido, um carinha que só pensa em pegar garota, o protagonista meio bobão e a garota “brother” dos outros dois.

Apesar dos pesares com o conto do Verde, os três são bem no estilo filmes natalinos: bem clichês e com finais felizes. Até porque, qualquer pessoa que queira consumir algo natalino tem que gostar de clichês e não esperar muita inovação. Pode ser que a relação entre os casais do primeiro livro tenha sido um tanto apressada, mas como é um conto a gente até que releva essas situações.

A adaptação de Deixe a Neve Cair se encontra na Netflix desde o dia 4 de novembro. Eis que então deixo a dica de livro e filme natalino para cumprir a cota de produtos natalinos a se consumir no mês de dezembro.

10 Comentários

  1. Oi Lu,
    Estou curiosa com a adaptação, mas o livro no momento eu não leria.
    Também não sou tão fã da escritora do autor John Green, só um livro dele que quando li gostei mais ou menos, o resto não me agradou tanto.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha, Lu. Só assisti o filme e ele é realmente isso: um clichê natalino, onde não podemos esperar nada demais Fiquei com vontade de conhecer o livro! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Olá...
    Essa época do ano é tão linda, né? Amo demais livros natalinos e tinha até me programado pra ler esse livro nesse mês, porém, resolvi trocar de última hora.
    Adorei acompanhar suas impressões sobre a leitura e me bateu uma grande vontade de ler também!
    Bjo

    http://coisasdediane.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Esse autor tem livros incríveis, ansiosa para ler esse

    www.estiilocarol.com

    ResponderExcluir
  5. eu lembro quando o livro foi lançado e de ter o nome do John Green entre os autores super me interessou, tbm quero ver o filme da Netflix

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  6. Não creioooo que já tem adaptação dele!!! Uau!
    Quase li esse livro várias vezes, que bom que tu resenhou porque não vejo ninguém comentar dele. Eu gosto de contos e que sejam clichês como citou, mas a ideia de se passar no natal entristece meu coração :/ kkkk eu não gosto de histórias que se passam no frio ou no inverno, mas... Me interessei mesmo assim pela história, vamos ver... Talvez eu leia ;)
    Eu amei seu post ^-^ De verdade mesmo haha

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu

    Ao contrário de você ,o meu conto favorito foi do John Green ,porém foi a segunda vez que eu li algo dele.O outro era "A culpa é das estrelas " que o hype estragou para mim e por isso tinha zero expectativas com esse conto , então acabei gostando.
    O que eu não gostei do livro foi no último conto que foi entrelaçado as três histórias , achei a cena meio forçada ,sabe ?
    Mas eu entendo o motivo de você já saber do que estava esperando , depois de ler "Teorema Katherine" e depois " Cidades de papel", quando fui ler "Quem é você ,Alasca?" parecia que eu estava lendo a mesma coisa .
    Amei a sua resenha

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu! Tudo bom?
    Esse é o tipo de livro que tá sempre na minha lista de "vou ler" e desde o lançamento nunca cheguei perto de fazer isso UHASUHASUHASUHUHASUHASUHAS vou acabar ficando só com a adaptação mesmo porque tô uma falha pra livros que faz tempo que quero ler G_G

    Beijos,
    Denise Flaibam
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu,
    Li esse livro lá em 2014 e não lembrava de muita coisa, após ver o filme peguei o livro para dar uma lembrada e o que eu mais gostei foi o conto da Maureen Johnson.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)