Resenha #444: Nocturna - Maya Motayne (Seguinte)

Share:
Título: Nocturna
Título Original: ---
Autor: Maya Motayne
Série: A Forgery of Magic #1
Páginas: 480
Ano: 2019
Editora: Seguinte
Sinopse: No primeiro volume de uma trilogia de fantasia inspirada na cultura latina, uma ladra capaz de mudar de aparência e um príncipe herdeiro se unem para proteger o reino de uma magia perversa.
Depois de se libertar da dominação dos inglésios, o reino de Castallan não esperava passar por mais nenhuma crise. Mas Dez, o herdeiro, foi assassinado, e agora nobres e plebeus precisam aceitar que o destino do reino está nas mãos do príncipe Alfie, que passou meses fugindo de suas obrigações enquanto bebia tequila em alto-mar.
De volta a Castallan, Alfie não consegue acreditar que seu irmão morreu e, tentando provar o contrário, se depara com Finn Voy. Graças a sua habilidade de assumir a aparência de qualquer pessoa, Finn está sempre usando um disfarce para se proteger dos traumas de seu passado e de qualquer um que se meter em seu caminho.
Quando os destinos de Alfie e Finn se cruzam, eles acidentalmente libertam uma magia poderosa e antiga que, se não for detida, vai mergulhar o mundo em escuridão. Com o futuro de Castallan em suas mãos, o príncipe e a ladra terão de aprisionar essa magia obscura a qualquer custo, mesmo que, no caminho, precisem confrontar seus segredos mais sombrios.


Quando teve seu lançamento internacional no começo do ano, Nocturna teve seu hype altíssimo, principalmente pelo fato de ser uma fantasia baseada em cultura latina. Bem… meu terceiro olho sempre está certo quanto a sempre ignorar livros hypados.

Terminei o livro e fiquei querendo entender a razão de todo o hype. Até porque eu achei ele uma espécie de fanfic da trilogia Tons de Magia. Não vou entrar em muitos detalhes por conta de spoilers, mas todo o plot principal, a personalidade de alguns personagens, suas interações e até (pasmem) o final do livro pareceu ter saído do livro da Schwab. A leitura toda foi aquela sensação de “eu já li isso aqui antes”.

Quanto aos personagens, a única que se salva é a Finn. A ladra de rosto é muito voz da razão e da consciência. Seu instinto de sobrevivência é muito grande, mas ela também é bastante corajosa e leal. Até porque, ir atrás do planos infalíveis nível Cebolinha do Alfie, tem que ter essas características.

Alfie é o típico mocinho de fantasias YA: faz as burrices, tenta consertar e só piora a situação. Ok que sua inocência de certa forma é até fofo, principalmente em suas suas interações com Finn, mas como protagonista ele foi bem fraco (em todos os sentidos) e um tanto sem carisma.


Sem carisma também define a relação entre Alfie e Finn. Os dois funcionam bem como amigos e companheiros, indo atrás de resolver as presepadas de Alfie. De repente a autora me decide a querer fazer um projeto de romance entre os dois que até eu e uma porta temos mais desenvolvimento e química. Alfie tinha muito mais química com seu primo Luka do que com a ladra.

Quanto a cultura latina, senti que faltou mais aprofundamento. Temos a questão da colonização e escravidão trabalhadas no reino de Castallan e alguns verbos em espanhol, usados como comando de magia. Mas também só se resume a isso… até porque o lance da magia no reino foi pincelado rapidamente lá no início do livro e eu já havia esquecido de quase tudo chegando ao final.

Pelo menos a escrita da Maya é bem estruturada e a leitura até que flui bem, apesar dos pesares. Particularmente não sei se irei continuar a trilogia, ainda mais que (igual a Um Tom Mais Escuro de Magia), o livro tem um final relativamente fechado e eu posso deixar dada por aqui minha experiência com essa série.

10 comentários:

  1. Amei sua resenha, Lu. Não costumo ler livros assim com frequência, mas fiquei curiosa com esse! ❤

    https://www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Luiza.
    Eu fiquei interessada nesse livro quando lançou. Mas resolvi aguardar as resenhas. Eu já tinha visto algumas impressões suas sobre ele lá no Instagram. É uma pena porque a premissa é interessante. Mas quando a gente fica com essa sensação de já li isso não vai mesmo. Não sei se vou ler.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Eu to adorando essa onde de fantasias que exploram outras culturas, mas confesso que agora fiquei desanimada com esses pontos que citou.

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu! A Finn sozinha resolvia tudo, bem precisava do príncipe chorão. Ele é muito devagar, o Luka faz mais em uma cena do que ele na história toda. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu, que pena que você não gostou da leitura. Eu gosto de Um tom mais escuro de magia, mas entendo que a falta de originalidade é ruim...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu!
    Eu não conhecia o livro até ver que você estava lendo. Ele não tinha chamado a minha atenção e depois da sua resenha que fiquei sem vontade de ler mesmo hahaha
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu, tudo certo?
    Ainda nao conhecia, mas achei a história bem interessante, valeu pela dica!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu.
    Sério, sempre achei que esse livro fosse ser tudo de bom. Pena que não funciona realmente.
    Beijos.
    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu!
    Eu tava com algumas expectativas para ler, mas depois da tua nota e agora dos teus comentários, sinceramente, não pretendo mais le. A capa é linda mas nao vou insistir em livro arrastado. Deus me defenda. To é fugindo.

    Abraços
    Emerson
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Isso aí Lu, resenhas sinceras! Adoro!!
    Até hoje não li os livros da Schuab, mas quero e inclusive comprei o livro, falta um pouco de tempo. Adorei sua resenha viu...

    Beijos Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)