Resenha #438: Legend - Marie Lu (Rocco Jovens Leitores)

Share:
Título: Legend
Título Original: ---
Autor: Marie Lu
Série: Legend #1
Páginas: 256
Ano: 2014
Editora: Rocco Jovens Leitores
Sinopse: O que antes for a o Oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação perpetuamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos distritos mais ricos da República, a adolescente de quinze anos June, é um prodígio prometida ao sucesso no mais alto círculo militar do país. Nascido nas favelas, o adolescente Day é o criminoso mais desejado do país. Mas sua motivação pode não ser tão maliciosa quanto parece. De mundos muito diferentes, June e Day jamais cruzariam o caminho do outro, até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Presos em um jogo de gato e rato, Day está correndo para salvar a vida de sua família, enquanto June deseja vingar a morte de Matias. Mas em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu, e até onde seu país está disposto a ir para guardar seus segredos.


A primeira vez que li Legend foi lá em 2014, no auge das distopias. A história me pegou, mas demorei muito a ler Prodigy e Champion. Com o lançamento de Rebel, decidi reler a trilogia e dessa vez, sabendo tudo o que já sei a história, sofri como uma condenada com June e Day.

June e Day são dois personagens bastante inteligentes, com uma baita perspicácia, raciocínio rápido e observadores. Porém, enquanto June é a menina de ouro da República, Day é o criminoso mais procurado. Os mundos deles se colidem quando Metias (irmão de June) é morto e Day acusado pelo assassinato.

Day é um personagem maravilhoso. Altruísta e leal, ele faz de tudo para proteger sua família (que acha que ele está morto), além de também tentar ajudar os pobres e marginalizados pela República. Ele tenta passar toda essa imagem de durão através de comentários engraçadinhos, mas no fundo ele é só um adolescente que teve que crescer muito rápido para sobreviver nas ruas.

June, minha querida June… Inteligência acima da média, ela era realmente a personificação de gado da República, acreditando fielmente em tudo que era dito e que feito por eles. Infelizmente foi preciso que seu irmão morresse para que ela visse realmente a República pelo que é. Mesmo magoada e sofrendo pela morte do irmão, ela não vai descansar enquanto não descobrir a verdade sobre seu assassinato.

Na primeira leitura, Marie Lu me conquistou logo nas primeiras páginas e, ao final do livro, ela já estava na lista de autores favoritos. Nessa releitura não foi diferente; logo nos primeiros capítulos você já se vê envolvido na história.


Destaco aqui o desenvolvimento de June. A prodígio da República acreditava fielmente em seu governo. Por ter perdido os pais e sendo criada pelo irmão, acreditar na República era uma das poucas coisas constantes na sua vida. Então quando ela descobre que nem tudo é tão perfeito e certo como ela achava que funcionava o governo, é bem interessante ver a sua desconstrução e decepção com aquela ideologia que ela acreditava ser o correto.

Day também tem um bom desenvolvimento. Pintado como o maior criminoso da República, vemos que ele é uma espécie de Robin Hood daquele governo. Vemos suas ações e, assim como June, ficamos surpresos ao ver que é de longe o que a República anuncia sobre ele. Seu passado é bem triste e traumatizante, mas Day não se deixa abater pelo que passou e faz de tudo para ajudar sua família e aqueles que necessitam.

A escrita da Marie é bem direta e sem rodeios, principalmente nas cenas mais fortes. Como a narração é feita em primeira pessoa, alternando entre June e Day, é possível sentir tudo os que eles estão vivenciando. O livro tem um ritmo bem acelerado e, combinado com a quantidade de páginas, você termina ele em uma sentada.

11 comentários:

  1. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu queria muito tempo pra reler a trilogia Legend porque o impacto na época do lançamento já foi forte, hoje em dia eu sei que ia morrer de novo e de novo. A Marie Lu e esses personagens!!!!
    Porém MEDO desse revival, traumatizei pra sempre com a Tahereh.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Esse livro já está na minha lista e só ainda nao li por falta de tempo e por ter outros na fila kkkk, tenho certeza de que iria adorar, gosto de tramas assim!

    Beijos

    Imersão Literária

    ResponderExcluir
  3. Eu nunca li essa série, mas adoro a escrita da autora, então, acho que eu amaria a leitura. Preciso conhecer.

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lu!

    Lembro que na época esse foi um dos livros que eu era louca para ler! Ele ainda está na minha lista de desejados porque adoro distopias. Em breve quero conferir.

    Beijos
    Construindo Estante || Instagram

    ResponderExcluir
  5. Oi
    eu tenho vontade de ler essa trilogia, a escrita da autora realmente parece ser ótima, que bom que gostou da releitura.

    http://momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lu

    Tá aí um livro que eu leria por causa de tu mesmo, porque nunca dei muito biscoito por ele. Se eu estivesse menos atolada até daria uma chance.

    Beijos
    - Tami
    https://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu! Td bem?
    Eu adoro distopias, e Legend está aqui na minha estante há um certo tempinho já... Preciso me animar e pegar pra ler, acredito q irei curtir bastante a história tbm! 😍
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu,
    Eu já li essa trilogia lá atrás também.
    Não vejo a hora de ler Rebel, pois o término de Champion foi ótimo, mas deixou meu coração apertado HAHAHAHHA os anos de espera não diminuíram a animação!
    beeijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi LU! Eu nunca li a trilogia, mas li outra da autora e fiquei impressionada com sua escrita. Estes dias vi aqui no blog que vai ter mais um livro e me animei a começar a leitura. Espero gostar. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  10. Eu também li esse livro há alguns anos mas até hoje não li as sequências, sinceramente eu não sei o porquê já que a história havia me agradado mais até do que Jogos Vorazes.

    Abraço,
    Parágrafo Cult

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu!

    Confesso que depois da decepção que tive com o final da série Divergente, fiquei um pouco resistente com distopias. Até tenho curiosidade em conhecer a escrita da Marie Lu, pois sempre leio resenhas bem positivas dos livros dela. Mas como já estou com a TBR cheia e com as leituras bem atrasas vou deixar passar, por enquanto.

    Beijos;***
    Ariane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)