Resenha #422: At the Stroke of Midnight - Tara Sivec (Swerve)

Share:
Título: At the Stroke of Midnight (BR: No Badalar da Meia-Noite)
Título Original: ---
Autor: Tara Sivec
Série: The Naughty Princess Club #1
Páginas: 290 (BR: 328)
Ano: 2018 (BR: 2019)
Editora: Swerve (BR: The Gift Box)
Sinopse*: Era uma vez, Cynthia, a perfeita dona de casa. Entre ser presidente da Comissão de Eventos da Vizinhança e manter a casa sem um fio de cabelo (ou suas pérolas) fora do lugar, sua vida era o sonho que se tornou realidade. O marido fora seu cavaleiro de armadura brilhante, mas agora ele tinha fugido com todo o dinheiro deles... e com a babá.
Vestida como princesa na festa anual de Halloween do bairro em Farytale Lane, ela conhece duas "princesas" que também enfrentam problemas financeiros: Ariel, a dona de uma loja de antiguidades, e Isabelle, uma bibliotecária. Quando as mulheres são convidadas a vestir suas fantasias em uma festa e são confundidas com strippers, Cindy, Ariel e Belle percebem que uma mudança de carreira poderia ser a melhor maneira de fazer seus problemas desaparecerem."
Mas poderia uma recatada Cindy se aproximar de um pole dancing sem seus paninhos de limpeza? E poderia o “anti-príncipe” de olhos azuis que apareceu no caminho de Cindy, ser seu final feliz? 'No Badalar da Meia-Noite' é uma hilária e empoderada história onde princesas podem salvar a si mesmas abalando em seus stilettos.


Quem já me acompanha, sabe Malícias e Delícias é um dos meus livros favoritos da vida. Tara Sivec realmente me fez rir do início ao fim. Quando comecei a ler At the Stroke of Midnight, eu sabia que a autora não iria me desapontar e eu estava certa.

Não se deixem levar pela sinopse e a questão de ter strip-tease envolvido. Tara conseguiu fazer da história de Cynthia (e das outras mulheres do Naughty Princess Club) uma história de empoderamento e redescoberta, de forma bem divertida e leve. Cynthia nunca teve uma vida fácil, sendo boa parte dela vivendo em relacionamentos abusivos e tóxicos. Primeiramente com sua madrasta e depois com seu marido.

Ao longo do livro, vamos acompanhar Cynthia se reencontrar e reerguer. Cansada de ser dita o que pode e não pode fazer, Cynthia encontra na profissão de stripper o seu objetivo de se tornar a mulher que sempre quis. Claro que toda mudança é sempre assustadora e Cynthia tem seus (vários) momentos de insegurança, mas ela não deixa esse sentimento se instalar por muito tempo.

PJ Charming pode parecer estar muito longe de ser um príncipe encantado. Porém, junto com Cynthia, vamos descobrir que o dono da casa de strip-tease, além de charmoso e sedutor, ele é um homem íntegro e respeitador, que apoia e respeita as opiniões de Cindy. Acima de tudo, ele a desafia a sair de sua zona de conforto em busca de se reencontrar.

De certa forma, toda essa jornada da Cynthia me lembrou a da Grace, em Vergonha. Aqui o tom da história é mais cômico que o da Brittainy, porém as duas foram abandonadas pelo marido (não é spoiler de Vergonha, visto que está na sinopse) e se veem tendo que seguir em frente, de cabeça erguida, e descobrir quem elas realmente querem ser.

Além de acompanhar essa jornada de Cynthia, somos agraciadas por uma amizade feminina maravilhosa entre ela, Belle e Ariel. Tudo bem que tudo se iniciou de maneira nada ortodoxa (visto que elas estão passando por problemas financeiros), mas é nessa forte que amizade que as três encontram forças e apoio para o que der e vier.

Cynthia, Belle e Ariel não poderia ser mais diferentes, porém elas se completam. Cynthia é, por muitas vezes, o cérebro e a voz da razão entre as três, quase fazendo um papel de mãezona. Belle, com seu jeito tímido, nos conquista pela sua inocência e jeito meigo. Ariel é aquela mulher que não tem medo de falar as verdades na cara das amigas, muitas vezes de uma forma bem intimidadora, porém não mexam com os seus que ela vira uma fera.


Outro relacionamento importante no livro é entre Cynthia e sua filha Anastasia. Mesmo sua filha sendo velha o suficiente (a garota tem 13 anos) para entender toda a situação que Cynthia está passando, de início a relação entre as duas é bem hostil, com Cynthia querendo proteger a garota sobre a razão do pai ter saído de casa. Mas no momento que Cindy abre o jogo com sua filha, ela também encontra outra rocha para se segurar.

E é de pensar que qualquer homem queira fugir de um relacionamento com uma mulher que tenha uma filha adolescente, mas não PJ. Interessante ver suas interações com Anastasia, sendo bem honesto e aberto sobre seu sentimento por Cynthia. Melhor ainda é ver Anastasia apoiar o relacionamento e querer a felicidade da sua mãe, mas sem deixar de se preocupar caso PJ a machuque como seu pai fez. As ameaças da adolescente são as melhores.

Como deu para perceber, cada livro é uma espécie de releitura de um conto de fadas. In Bed with Beast é inspirado em A Bela e a Fera; Kiss the Girl, em A Pequena Sereia. Os protagonistas dos próximos livros são apresentados nesse aqui (Belle e Beast, Ariel e Eric Sailor).

At the Stroke of Midnight foi lançado no Brasil pela The Gift Box, com o título de No Badalar da Meia-Noite. O segundo também já foi lançado, com o título de Na Cama com a Fera. o terceiro terá seu lançamento na Bienal, Beije a Garota.

No Badalar da Meia-NoiteNa Cama com a FeraBeije a Garota

De maneira irreverente e divertida e inspirada no conto da Cinderela, Tara Sivec mostrou em At the Stroke of Midnight que a princesa não precisa de um príncipe encantado para se salvar. Entretanto, o dito príncipe faz questão de estar ao seu lado, fornecendo todo apoio e se felicitando com as conquistas da sua princesa.

* Sinopse retirada da edição da The Gift Box

12 comentários:

  1. Oi, Lu! Tudo bom?
    Acho que lembro de tu falar do primeiro volume dessa série. Tá ai uma releitura de Cinderela contemporânea que me deixou curiosa HUASHUSHUAHUSAHUAS se você diz ser divertido e empoderador, vou colocar na lista!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu!
    Faz tempo que esse livro está na minha lista de leitura, só por ser da Tara hahahaa Parece ser divertido igual Malícias e Delícias, já quero! Adorei sua resenha e já coloquei na TBR!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  3. Ué gente, como assim eu não sabia que esse livro já tinha sido lançado aqui? Quero pra ontem! Adoro os livros da Tara, são cheios de bom humor e são muito legais, os personagens também.
    Vou procurar para ler.
    Beijo
    Capítulo Treze
    INSCREVA-SE NO CANAL

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu, ADOREI a resenha!
    Engraçado que ao ver a capa eu pensei comigo, eu conheço essa autora, mas de qual livro?! rsrs, justamente de Malícias e Delícias, com aquela capa né rs
    Amei o enredo e o clima da história, fiquei doida para ler.

    Beijinho Mila

    Daily of Books Mila

    ResponderExcluir
  5. Oi Luiza.
    Nunca li um livro que realmente me fez rir então fico animada com essa série. Parece ser bem legal.
    Beijos.
    Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  6. A maioria dos livros que vejo por aqui são um escândalo... adorooo!!

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ahhh Lu, eu amo uma boa história divertida e gostei de Malícias e Delícias (até onde consegui ler rsrsrsrs), dica mais do que anotada!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu! Adorei a dica e vou procurar o livro para ler. Quando vi na sua resenha que elas ficaram amigas de maneira nada ortodoxa e por conta das dificuldades financeiras me veio seriado Good Girls na cabeça. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Luiza, eu adorei a resenha e fiquei com vontade de ler os livros. Já "Pinei" na minha pasta do Pinterest de Livros que eu quero ler para não esquecer dele.
    beijos
    Chris
    Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

    ResponderExcluir
  10. Oi, Luiza!

    Não conhecia esses lançamentos. Mas a série parece ser bem legal.
    Adicionando na minha lista de desejados.

    Beijos
    Construindo Estante || Promoção de aniversário do blog

    ResponderExcluir
  11. Oiii Lu

    Eu achei as capas desas série um charme só e tenho vontade de ler algo da autora, fiquei feliz em saber que Malicias e Delicias é um dos teus favoritos, vou iniciar por ele então

    Beijos, Ivy

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  12. Amo livros de romance nesse estilo, que fazem a gente rir e amar os personagens porém sem deixar de colocar uma história de qualidade. Amo amo demais mesmo e já quero ler.
    Adorei a ideia de terem pegado inspiração nos contos de fadas e colocado emponderamento, humor e mais. Quanto a Anastásia, amei saber que ela não segue aquele clichê de filha da protagonista que odeia tudo e todos e fica de birra. Já é mais um ponto positivo. Onde acho para ler/comprar?Só na gift box?

    Abraço,
    Parágrafo Cult ♥

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)