Filme #57: Infiltrado na Klan


Título Original: BlacKkKlansman
Sinopse: Em 1978, Ron Stallworth (John David Washington), um policial negro do Colorado, conseguiu se infiltrar na Ku Klux Klan local. Ele se comunicava com os outros membros do grupo através de telefonemas e cartas, quando precisava estar fisicamente presente enviava um outro policial branco no seu lugar. Depois de meses de investigação, Ron se tornou o líder da seita, sendo responsável por sabotar uma série de linchamentos e outros crimes de ódio orquestrados pelos racistas.
Elenco: John David Washington, Adam Driver, Topher Grace, Laura Harrier, Ryan Eggold, Jasper Pääkkönen, Ashlie Atkinson, entre outros
Duração: 136min
Roteiro: Spike Lee
Produção: Jordan Peele, Jason Blum, Shaun Redick, Sean McKittrick, Spike Lee
Direção: Spike Lee


Chega essa época do ano e eu viro a própria crítica de cinema e do Oscar, como se soubesse de alguma coisa. Ano passado falhei na missão de assistir, pelo menos, todos os indicados a Melhor Filme, mas não esse ano. Dos oito indicados, eu já havia assistido três (Pantera Negra, Bohemian Rhapsody e Nasce Uma Estrela), então tudo está encaminhando para a missão ser um sucesso esse ano.

No final de semana passado, assisti Infiltrado na Klan, filme adaptado do livro de mesmo nome, baseado na história real de Ron Stallworth (John David Washington), primeiro policial negro da cidade de Colorado Springs. Não li o livro, mas digo.. Que filme, senhores.

Foi bem impressionante e criativo como utilizaram da comédia para poder criticar a questão do racismo, preconceito de todas as formas, política e supremacia branca. Em vários espaços no filme ouvimos discursos que não são muito diferentes do que ouvimos hoje em dia. Ou seja, apesar de uns 30 anos de diferença entre a época que se passa o filme e o ano que vivemos, nada mudou.

O roteiro parece até um pouco bizarro e esse é o maior apelo do filme. Como eu li em um comentário sobre o filme: todo mundo ali interpreta um papel. O policial branco finge que é negro, o policial negro finge ser um branco; o fascista que finge ser uma pessoa de bem… No momento que os personagens de John e Adam conseguem ser eles mesmos, percebe o quanto essa investigação e infiltração afeta suas opiniões e crenças.

Não sou muito expert em direção e afins, mas gostei muito de certas montagens no filme; como mostram um paralelo entre brancos e negros. Há uma certa sequência na reta final do filme que é de revoltar qualquer pessoa que tenha empatia e creio que esse tenha sido a intenção do diretor. O final propriamente dito é um super contraste com o seu desenvolvimento e eu realmente não estava preparada para esse impacto.

Além da indicação de Melhor Filme, Infiltrado na Klan foi indicado nas categorias: Melhor Direção (Spike Lee), Melhor Ator Coadjuvante (Adam Driver), Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Montagem e Melhor Trilha Sonora (Terence Blanchard).

Infiltrado na Klan é a adaptação de um relato real que, por mais que tenha um bom humor, é um filme que traz acontecimentos ocorridos a 30 anos atrás e que ainda se repetem na sociedade.

Maratona Indicados Oscar 2019 Melhor Filme:
- A Favorita (The Favourite)
- Bohemian Rhapsody
- Green Book - O Guia (Green Book)
- Infiltrado na Klan (BlacKkKlansman)
- Nasce Uma Estrela (A Star Is Born)
- Pantera Negra (Black Panther)
- Roma
- Vice



Considerações finais
- Chocadíssima que o John David é filho do Denzel Washington
- Porém, eu deveria ter desconfiado pelo sobrenome
- E vendo agora, realmente tem uma certa semelhança

12 Comentários

  1. Oi, Lu!
    Estou louca pra assistir esse filme desde que vi o trailer. E confesso que gostei pra caramba de eles terem colocado esses toques de humor no meio, acho que deixa o tema um pouco mais leve e faz mais pessoas ficarem interessadas.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
  2. Oi Lu
    Até hoje foram poucos filmes que concorreram ao Oscar que eu assisti antes dele concorrer.
    O ano passado mesmo ,o único que eu tinha assistido era "A bela e a fera" e ja foi uma raridade ter pelo menos um.

    Não tinha ouvido falar desse filme ainda.Claro ,eu li a lista dos indicados então devo ter lido ,mas não me chamou a atenção.
    Achei a proposta boa,mas nao sei se gostaria de assistir por causa do aspecto "bizarro"
    Amei a crítica

    Beijos
    P.s:Tomara que você consiga assitir todos os filmes da lista.

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lu!

    Confesso que não tenho muito interesse em assistir esse filme, mas tenho visto muitas pessoas falando bem a respeito. Boa sorte pra conseguir ver todos os filmes haha

    xx Carol
    https://caverna-literaria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Oiii Lu

    Eu adorei o fato de eles pegarem um fato real que poderia ter sido narrado de maneira dura mas terem inserido um elemento um pouco mais leve, humor. Chocadissima 2 que o John David é filho do Denzel porque caramba, eu não consegui encontrar semelhanças não....rsrs

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Ele ta na minha lista para maratonar para o Oscar, parece ser uma produção incrível!

    Um beijo,
    Blog da Kitbox

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu,
    Primeiro crítica que leio desse filme. Confesso que nem tinha noção sobre o que seria.
    Acho que todos estão tão focados em Nasce Uma Estrela e Bohemian Rhapsody que esquecem dos outros filmes indicados.
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Que filme mais pesado, quero muito assistir. Já tinha visto o trailer e tinha me interessado bastante. A sua crítica é a primeira que eu leio e olhe... Fiquei mais curiosa ainda. Mesmo com a comédia não deve ser fácil engolir o filme, ainda mais com todas as abordagens.
    Vou tentar ver antes do Oscar. Espero que você consiga assistir todos os filmes da lista!
    Beijos
    Our Constellations

    ResponderExcluir
  8. Olá Luiza,

    Que inveja de você, quero muito assistir esse filme, o assunto é delicado e como você mencionou infelizmente ocorreu, não vejo a hora de conferir, ótima dica e resenha...bjs.


    https://devoradordeletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu, tudo bem? FILME MARAVILHOSO, infelizmente, super esquecido no churrasco pela mídia! Sai mega impactada do cinema!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  10. Olá, Luiza.
    Eu raramente assisto os filmes quando lançam, sempre é anos depois hehe. Esse me interessou muito, tanto pelo tema, que infelizmente continua muito atual, como pelo ator que eu não sabia ser filho do Denzel, que é um ator que eu amo hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu! Eu vi os três indicados que você menciona no começo do post e acho que foco por aí mesmo. Apesar da crítica positiva, eu já havia visto o trailer do filme e não me atraiu. Que bom que você gostou. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)