Resenha #316: Josh and Hazel's Guide To Not Dating - Christina Lauren (Gallery Books)

Share:
Título: Josh and Hazel's Guide To Not Dating
Título Original: ---
Autor: Christina Lauren
Série: ---
Páginas: 320
Ano: 2018
Editora: Gallery Books
Sinopse*: Hazel Camille Bradford sabe que ela é exagerada em certos momentos - e, francamente, a maioria dos homens não está à altura do desafio. Se o seu exército de animais de estimação e a emoção pelo absurdo não os assustam, sua falta de filtro significa que ela dirá exatamente a coisa errada em um momento delicado. Quem perde são eles. Ela é uma boa alma em busca de diversão honesta.
Josh Im conhece Hazel desde a faculdade, onde sua loucura provou ser completamente incompatível com sua moderada contenção. Desde a primeira noite em que se conheceram - quando ela desajeitadamente vomitou em seus sapatos - quando ela lhe enviou um e-mail ininteligível enquanto estava em uma névoa pós-cirúrgica, Josh sempre pensou em Hazel mais como um espetáculo do que como uma companheira. Mas agora, dez anos depois, depois que uma namorada traidora virou sua vida de cabeça para baixo, sair com Hazel é uma lufada de ar fresco.
Não que Josh e Hazel namorem. Pelo menos, não um ao outro. Porque arranjar um ao outro encontros às cegas progressivamente terríveis significa que não há nada entre eles... certo?


Não é segredo de ninguém aqui que Christina e Lauren circulam na lista de autores preferidos. Acompanho o trabalho delas praticamente desde o começo e fico bastante feliz com a evolução delas como escritoras. Meu livro preferido delas sempre vai ser Playboy Irresistível por motivos de Will Sumner, mas Josh and Hazel’s Guide to not Dating quase toma esse posto.

Hazel e Josh são duas pessoas completamente diferentes. Os dois são praticamente a representação de yin e yang: enquanto Hazel é um espírito livre, Josh é um cara centrado; Hazel vive pela emoção; Josh é a voz da razão. Ambos se conheceram na faculdade há dez anos, em situações um tanto constrangedoras para Hazel. No presente, Hazel é a melhor amiga da irmã de Josh, Emily. Apesar de Hazel praticamente se convidar para a vida de Josh, surge uma amizade bem fofa e maravilhosa entre os dois.

Hazel praticamente idolatra Josh desde que o conheceu. Para ela, ele era a impressão da Perfeição, e ela sendo ela tem medo de que seu jeito um tanto expansivo acabe por assustá-lo. Apesar de Josh de início se sentir intimidado pelo jeito bem animado de ser de Hazel, logo ele passa a apreciar a personalidade excêntrica dela.

Como falei no começo, ambos são de personalidade diferentes, mas que acabam se complementando. Como a própria Hazel diz, Josh é a âncora que ela precisa em certas horas; e Hazel é para Josh aquele sopro de diversão e liberdade que todo mundo tem que saber equilibrar na vida. De certa forma, eles são feitos um para o outro. A amizade entre os dois é o melhor do livro. É aquele tipo de amizade que iria te satisfazer caso acabasse a história e os dois permanecessem nesse status de relacionamento.


As autoras classificam esse livro como uma rom-com, ou seja, uma comédia romântica. Diferente do anterior lançado por elas (Love and Other Words), Josh and Hazel realmente tem aquela pegada de comédia romântica com diálogos engraçados e cheios de flertes entre o casal e situações engraçadas protagonizadas por ambos. A única diferença é que o que poderia ser responsável por aquele clímax de fazer o casal ficar separado por um tempo foi resolvido de forma madura e adulta. Podem achar um pouco irreal, mas combinou e muito com a história que nos foi apresentada.

Um detalhe que gostei bastante na história foi a hereditariedade coreana de Josh. Ele e Emily são filhos de coreanos, muitas vezes se chamando pelo nome de nascimento e por expressões coreanas. Assim… geralmente os nascidos no Japão, Coreia, China e afins adquirem um nome ocidental para facilitar a comunicação com pessoas não-orientais. Acredite, isso é uma mão na roda, já que o alfabeto deles é mais focado na sonoridade das sílabas que nas letras em si. No caso, o nome de nascimento do Josh é Jimin e várias vezes ele zoa Hazel por não conseguir pronunciar seu nome corretamente.

Amei a relação entre Hazel e sua mãe. Hazel herdou a personalidade excêntrica e divertida da mãe, então é a única pessoa no mundo que sabe como Hazel se sente. A relação entre ambas é muito mais que mãe e filha; as duas são bem próximas e conversam (literalmente) sobre tudo.

Quanto aos receosos pelas cenas de sexo (já que as autoras são famosas por isso por conta da série Irresistível), podem ler despreocupadamente. Eu percebi que em seus últimos trabalhos, elas andam deixando esse detalhe um pouco de lado. Claro que tem uma aqui e outra ali, mas nada de muito tamanho como em seus primeiros trabalhos. O foco da história, aqui no caso, é a amizade e o romance.

Josh and Hazel’s Guide to not Dating é um livro fofo sobre duas pessoas de personalidades diferentes e que são perfeitas uma para a outra.

*Tradução feita por mim

10 comentários:

  1. Oi Lu
    elas arrasam né?!
    eu amooooo seus livros e qro esse
    qd será que chega aqui hein?!
    Adorei a capa!

    Bjoooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Essa história deve ser puro amor, nunca li nenhum livro delas. Mas já anotei a dica pra poder conhecer!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu

    Adoro comédias românticas, sempre me divirto muito lendo e essas duas autora estão na minha lista faz um tempo. Adorei a personalidade do casal, nunca li nenhum prota com ascendência coreana então deve ser bem interessante conhecer algo dos costumes. O fato de serem amigos me anima, adoro livros que retratam esse lance de amizade e cumplicidade.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu! Eu não tenho o menor problema com as cenas de sexo rsrsrs O meu problema é o que último livro delas que eu li foi morno demais, daí bate um receio rsrsrs mas assim que teu puder quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi Lu.
    Eu adoro a escrita delas. Uma pena não ser rápida para ler em inglês, pois adorar conferir mais esse. O jeito é torcer para que venha logo para o Brasil e que pelo amooooorrrr não coloquem irresistível no nome! rsrsrs
    Gostei muito da resenha e é mais um que vai pra lista com certeza!
    Bjus
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu, tudo bem?
    Que bom que a leitura funcionou pra você!
    Não me chamou a atenção especificamente, não senti nada muito "uau" pela premissa. Mas legal que tenha um personagem de etnia diferente.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  7. Oi Lu! Gosto bastante de casais que são muito diferentes e se completam, parece que a relação fica mais empolgante.Daria um bom filme. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lu! Tudo bom?
    Eu tô bem precisada de leituras no estilo rom-com pra me salvar de uma ressaca literária! Adoro quando os diálogos engraçados fluem bem, parece o caso daqui <3
    E aaaaaa representatividade! Sempre tão bem-vinda.
    Acho que vi esse livro lá no NetGalley pra solicitar, vou ver se ainda está disponível e tentar - senão procuro lá na Amazon mesmo.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oii Lu.
    Eu amei sua resenha.
    Esse livro parece ser fofíssimo e fiquei com muita vontade de ler ele. Eu gosto desse choque de personalidades. E mesmo parecendo clichê, os pontos que ressaltou me fazem pensar em clichê bom.
    Amei de mais sua resenha.
    Beijos.

    Blog: Fantástica Ficção

    ResponderExcluir
  10. Oi, quando esse livro vai ser lançado no Brasil?
    Alguém sabe?

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)