Resenha #314: Lord Dashwood Missed Out - Tessa Dare

Share:
Título: Lord Dashwood Missed Out
Título Original: ---
Autor: Tessa Dare
Série: Spindle Cove #4.5
Páginas: 144
Ano: 2016
Editora: ---
Sinopse*: A senhorita Elinora Browning cresceu ansiosa pelo belo e inteligente senhor da casa ao lado, mas ele deixou a Inglaterra sem uma palavra de despedida. Uma noite, inspirada em xerez demais, Nora despejou seu coração partido no papel. Lord Dashwood Missed Out era uma carta de amor para todas as jovens que tinham sido negligenciadas por senhores e um best-seller instantâneo. Agora ela está a caminho de falar em Spindle Cove quando o tempo de neve atrasa seu transporte. Ela é forçada a esperar a tempestade com o pior companheiro possível: o próprio Lord Dashwood.
E ele finalmente parece ter notado ela.
George Travers, Lord Dashwood, viajou pelo mundo como cartógrafo. Ele retornou à Inglaterra com o objetivo de se casar e criar um herdeiro - apenas para descobrir sua reputação retalhada por uma dama de sangue azul audacioso e extremamente venenoso. Senhor Dashwood Perdeu uma ova. Desde que Nora Browning parece acreditar que ele ignorou a paixão de uma vida, Dash a desafia a provar isso.
Ela tem uma noite.



Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

Lord Dashwood Missed Out é um conto que se passa um pouco depois de Uma Duquesa Qualquer. Nele acompanhamos a escritora Elinora Browning a caminho de Spindle Cove para falar sobre seu livro best-seller: Lord Ashwood Missed Out. (Em tradução livre, Lord Ashwood Não Reparou; na minha tradução, Lord Ashwood Vacilou)

Esse sucesso nasceu de uma noite que envolveu muito xerez e um coração partido. Então Nora resolveu dar uma de Taylor Swift e colocou todo seu ressentimento contra um certo lord no papel. Ela só não contava que, a caminho da vila mais agitada da costa de Londres, ela daria de cara com George Travers, o próprio Lord Dashwood, inspiração do seu livro.

George “Dash” Travers, Lord Dashwood, passou os últimos anos viajando pelo mundo como cartógrafo. Ao voltar para Londres, ele descobre que seu nome (ou algo parecido) foi jogado na lama por ninguém menos que sua amiga de infância, Nora. Agora ele está disposto a provar o que ele não deixou de perceber na autora.


Adorei o fato da Nora ser uma escritora de sucesso pelo fato de que seu livro prega algo do tipo “casamento não é tudo nessa vida”. (O que não deixa de ser verdade, venhamos e convenhamos) Ela soube pegar o pior momento de sua vida, transformar em seu trabalho de vida e ainda obter sucesso. Apesar da decepção da vida, Nora é uma mulher sonhadora e, mesmo contra sua vontade, ainda ama o dito cujo.

Dash me causou sentimentos contraditórios. Creio que ele teve uma boa intenção ao não corresponder aos sentimentos de Nora há cinco anos, porém sua execução foi bem babaca. Quando ele volta, disposto a reconquistar Nora, sabe que vai ter que suar a camisa; mostrar que ele não é mais aquele Dashwood que ela descreveu em seu livro.

Por ser um conto, não temos milhões e milhões de páginas para desenvolver a lavação de roupa suja, mas eu gostei como a Tessa trabalhou esse detalhe aqui, em apenas uma noite. Apesar da Nora ainda ficar jogando algumas insinuações, fazendo com que Dash assuma o que fez, no fim das contas ambos jogaram na roda tudo que estava entalado durante cinco anos.

Enquanto isso em Spindle Cove, Pauline está preocupada com Nora e Griff, como bom marido bajulador, decide ir procurar a moça. Claramente Colin iria oferecer a si próprio, Bram e Thorne para ajudar na busca.

Pra mim, Colin é o melhor personagem de toda a série. As melhores cenas foram dele tentando convencer os amigos a dar um nome ao bando. Bram e Thorne não tiveram tanto destaque, mas da parte de Griff vemos que ele faz tudo para que a esposa seja feliz. Ele sabe o quanto é importante a palestra de Nora e vai fazer de tudo para que ela se realize.

Assim como os outros contos, Lord Dashwood Out Missed Out foi uma leitura rápida e bem gostosinha. No fim, a gente sabe que todos acabam felizes para sempre, porque se não for pra ter final feliz eu nem leio romances de época. (Já não basta sofrer em outros livros...)


Resenhas anteriores
Livro 1 - Uma Noite Para Se Entregar (A Night to Surrender)
Livro 1.5 - Once Upon a Winter's Eve
Livro 2- Uma Semana Para Se Perder (A Week to be Wicked)
Livro 3 - A Dama da Meia-Noite (A Lady by Midnight)
Livro 3.5 - A Bela e o Ferreiro (Beauty and the Blacksmith)
Livro 4 - Uma Duquesa Qualquer (Any Duchess Will Do)

* Sinopse traduzida por mim

5 comentários:

  1. Não sabia que tinha esse conto Lu, vou anotar aqui!
    Pena q só se passa em uma noite, mas que bom q gostou do desenvolvimento!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii Lu

    Que legal que a autora soube desenvolver de maneira satisfatória a hisdtória mais curta, por ser um conto acho que foi bem legal se passar em apenas uma noite. É o tipo de história que vale apena para os fãs da série, pra matar saudade com certeza.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  3. Só a capa por si só chama atenção, a leitura deve ser ótima! Boa recomendação ;)

    O Planeta Alternativo

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu, esse eu vou demorar pra ler, vou ter que esperar lançarem aqui, mas pela resenha já quero conhecer a Nora!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lu! Tudo bom?
    Tô lá no começo da fila com essa série, mas já vou deixar anotado pra procurar esse conto - vai que demoram pra lançar até eu alcançar.
    Personagem com atitude babaca no passado tem que sambar muito pra conseguir redenção, realmente.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)