Resenha #224: Tentação Ao Pôr do Sol - Lisa Kleypas (Arqueiro)

Share:
Título: Tentação Ao Pôr do Sol
Título Original: Tempt Me At Twilight
Autor: Lisa Kleypas
Série: The Hathaways #3
Páginas: 272
Ano: 2014
Editora: Arqueiro
Sinopse: Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar.
Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem.
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele.
Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça.
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.


Se você não leu os livros e/ou resenhas anteriores, não se preocupe
Essa resenha é livre de spoilers

Depois de toda raiva que passei em Sedução Ao Amanhecer, qualquer coisa que viesse em Tentação Ao Pôr do Sol seria lucro. E foi um baita lucro.

Poppy Hathaway, diferente de seus irmãos, sonha em ter uma vida tranquila em seu casamento. Vida essa no melhor estilo da música “Eu quero uma casa no campo…” (não precisa ser necessariamente no campo...). Poppy é doce, sempre tenta ver o melhor nas pessoas, prestativa, dona de uma curiosidade peculiar e gosta de conversar de todo e qualquer tipo de assunto. Mas poucos sabem que Poppy também é (assim como todos os Hathaways) forte, determinada e opiniões próprias, um pouco além do que era esperado pelas mulheres da época. Então como uma mulher dessas acabou casando com um cara como Harry Rutledge?

Eu AMEI Harry Rutledge! Enquanto com Kev foi ódio atrás de ódio, Harry é aquele cara que a gente ama odiar. O cara é manipulador e não esconde isso de ninguém, mas não deixando de ser um bom patrão e cuidando de todos os empregados do Hotel Rutledge. O que ele quer, vai atrás e esse foi o sentimento que prevaleceu desde que pôs os olhos em Poppy. Por várias vezes ele admitiu para ela que era uma pessoa ruim. Bom, isso era o que ele queria que todos vissem. No fundo, ele se mostrou uma pessoa completamente insegura em relação a sentimentos para com outras pessoas. Harry cresceu em um ambiente sem amor e isso fez com ele erguesse uma parede. Mas nada que um pouco de Hathaway na vida para derrubá-la.


A relação de Poppy e Harry já começou com mentiras, manipulações e uma pitada de ódio mortal (tipo meu ódio por Criança Amaldiçoada). Diferente das irmãs, Poppy casou mais por obrigação do que por amor, mas estava disposta a tirar o melhor proveito da situação. O sentimento entre os dois foi feito de forma gradativa e bem desenvolvido. Por mais que negasse por muito tempo, Harry sentia mais que só desejo por Poppy, mas, por não saber como lidar com esse tipo de sentimento, a afastava. Como falei antes, Poppy sempre tende a ver o melhor nas pessoas e aos poucos foi descobrindo que o marido não era a própria Elsa.

Estou amando o destaque a Lisa dá para outros personagens. Aqui, quem se destacou foram os empregados do hotel Rutledge. Harry sempre foi um bom patrão para eles e tudo que eles desejavam era a felicidade do cara. Em certos momentos, eles dão alguns empurrõezinhos. Também temos participações dos outros Hathaways e do furão mais amado/odiado Dodger.

Lado a lado com a história de Poppy e Harry, temos o começo do casal do próximo livro. Lisa começou a introduzir a história de Leo e Catherine no livro anterior e aqui temos mais interações entre o casal. Por favor, que eu não me decepcione com Manhã De Núpcias.

Resenhas anteriores
Livro 1 - Desejo À Meia-Noite (Mine Till Midnight)
Livro 2 - Sedução Ao Amanhecer (Seduce Me At Sunrise)

15 comentários:

  1. Olá Lu!
    Quero muito mesmo ler os livros dessa autora! Estou com vários na lista e ainda não conseguir chegar neles 😱
    As histórias parecem ser ótimas! Adorei a resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu!
    Li apenas um livro da autora, que foi publicado pela Editora Gutenberg. São histórias que não me apresentam muita diferença, pra mim está sempre caindo na mesmice, então não me desperta muito interesse. Embora seja gratificante perceber que as protagonistas estão sempre empoderadas e a frente de sua época.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha! Romances de época não são o meu gênero preferido, mas essa parece ser uma ótima história. Vou ler a resenha do livro anterior :D

    Com amor,
    Steph • Não é Berlim

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu!
    AMO as suas resenhas! haha Eu não li nenhum livro dessa série, mas estou morrendo de curiosidade. Eu gostei que a autora também dá destaque a outros personagens, adoro isso. E também o fato do relacionamento ser gradativo, e que o mocinho da história se escondia atrás dessa máscara de "ruim", curto muito isso. rs
    Beijos

    www.lendoeapreciando.com

    ResponderExcluir
  5. Apesar de conhecer a autora, nunca li nada dela. Não conhecia esta série, parece ser bem interessante pela sua resenha! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  6. Olá Lu!!
    Nunca li nada da Lisa Kleypas mas tenho muita vontade! Você faz umas resenhas tão legais dela!
    Beijinho

    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  7. Livros de época não fazem muito o meu estilo de leitura, mas amei a resenha! Nunca li nada dela, mas só vejo elogios. Quem sabe um dia?!

    Beijão,
    Querida Cretina

    ResponderExcluir
  8. Oi Lu, a Lisa é sensacional! Amo demais essa série, e o Harry a gente ama, mesmo ele sendo, bem.... daqueles que pega e depois pede kkkkkkk Doida pra ler sua resenha do livro com Leo!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu! Esse é o meu preferido da série, amei o Harry e a relação dele com a Poppy. Bjos!!!

    ResponderExcluir
  10. A apresentação desse livro é incrível, impossível não sentir vontade de ler. Amei sua resenha Lu!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, Luiza.
    O bom de não termos expectativas é isso, o livro se torna maravilhoso quando é bom hehe. Eu tenho todos os livros dessa série aqui na estante, mas ainda não li nenhum deles.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  12. Oi Luiza!
    Ainda não li nenhum livro dessa série, mas tenho vontade. Legal que a autora também dá destaque aos personagens secundários!

    Beijos,
    Sora | Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu
    Adooooro essa série!! Um livro mais fofo que o outro <3
    Gostei muito da sua resenha
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  14. Oi luiza,
    Adoro romances de época li os dois primeiros livros dessa série depois dei uma parada, mas estou ansiosa para voltar a ler.Fiquei feliz de saber que esse livro te agradou espero conseguir ler logo.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    https://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Luiza, eu já disse isso, mas vou repetir: eu sou uma pessoa rancorosa, porém nem chego perto de você!!! Genteeeeee hahaha estou rindo aqui!!!

    Estou definitivamente precisando reler a história de Poppy e na sequencia a de Leo!!! Estou aqui rindo sozinha, não só do seu rancor, mas também com minhas memórias da história dessa família maravilhosa e tão amada! Aliás, eu tenho rancor do Leo até hoje por todas as coisas que ele aprontou quando estava ocupado tendo pena de si mesmo, enchendo a cara e deixando as irmãs por conta própria!

    Eu acho que você vai gostar, apesar de "Desejo á meia-noite" ser o meu preferido dessa série "Manhã de núpcias" é, na minha opinião, o melhor.

    ResponderExcluir

Muito obrigada pela visita e volte sempre!
Deixe seu comentário/opinião; estou muito interessada e ele será respondido assim que possível.
Deixe também seu blog, se tiver, que assim possível farei uma visita :)